A place so full of mystery is just a puzzle to be solved
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Recanto da Nymeria

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5
AutorMensagem
Lennart Eurus
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 154
Data de inscrição : 25/09/2017
Idade : 18
Localização : Windfall City

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens: Um belo de um arsenal

MensagemAssunto: Re: Recanto da Nymeria   Qua Abr 11, 2018 3:29 pm

Lennart respondeu com um sorriso de canto, ele adorava quando as pessoas resistiam, ou ao menos fingiam resistir, ao seu charme. Quanto mais Nymeria se fazia de difícil, mais ele a desejava. Não era sempre que uma pessoa o negava e ele valorizava uma pessoa que o fazia. Apenas deixava o futuro sexo ainda melhor. Trazia consigo um sentimento de satisfação inexplicável.

- Você está adorando cada segundo disso, não é? - Ele provocou, sabendo que essa pergunta também poderia ser feita para ele próprio. Porém, a resposta dele era óbvia. Ele estava de fato adorando cada segundo daquilo. Na verdade, seria justo suspeitar que ele destruíra tanto o quarto de Nymeria de propósito, apenas para que ela dormisse com ele - E se eu tiver? Vai ser um amor correspondido? Ou minha mestra é cruel?

Depois de beijar a cicatriz dela, ele esfregou seu rosto gentilmente contra o dela. Adorava ter a pele dela contra dele, fosse em um momento mais íntimo e selvagem, ou em algo mais fofo como aquele. Não importava, ele apenas queria-a ao seu lado. Merda. Talvez estivesse mesmo apaixonado. Era até um tanto cômico, que uma pessoa tão fria como Nymeria pudesse ter esquentado Lennart ao ponto de reviver aquelas emoções que ele matara.

- Quer que eu a lamba agora? Ou prefere depois?

Ele odiou que aquele beijo chegara a seu fim, mas o simples pensamento de que logo ele voltaria a ter os lábios dela contra os seus já era um pensamento bom o suficiente para ele não choramingar um pouco.


- Então creio que vá se divertir muito além do esperado em meu quarto - Ele disse, deixando que Nymeria colocasse aquele pirulito em sua boca e recebesse aquele suave beijo - Totalmente seu.

Ele seguiu o olhar dela e abriu um pequeno sorriso.

- Sim. Vamos, eu vou ajudá-la. Você não está em condições de banhar-se sozinha.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nymeria Lindberg
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 232
Data de inscrição : 26/09/2017
Idade : 17
Localização : Windfall

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens: Espada

MensagemAssunto: Re: Recanto da Nymeria   Qua Abr 18, 2018 1:54 pm

- Talvez eu esteja... talvez não. - ela deu de ombros, mas o olhar que Nymeria lançava sobre Lennart era o suficiente para respondê-lo. Sim, ela estava gostando, apesar de ter perdido um pouco de sua privacidade aquela experiência seria no mínimo prazerosa. Nym era quase incapaz de mentir, mas admitir isso facilmente também não estava em seus planos. Aliás, aqueles jogos de palavras que tornavam tudo muito mais divertido do que já era. - Eu sou a pior mestra de todas, mas você sempre pode testar sua sorte.

Aquela resposta era cheia de significados ocultos, ele poderia escolher qualquer um deles se quisesse. Nymeria era um mistério até para si mesma, e aquela dúvida parecia tornar-se real em seu íntimo a cada dia que passava com Lennart. Ela saberia dizer se estava realmente apaixonando-se por ele ou não? Desconhecia a resposta para isso. Mas quando havia aqueles momentos em que Lennart estava muito próximo e encostava sua pele contra a dela, seu coração tendia a bater mais forte que o normal e algo aquecia em seu interior sempre tão gélido.

- Os dois me parecem ótimos, mas eu prefiro tomar um banho antes. - o sorriso malicioso voltou... talvez ela estivesse passando tempo demais com Len, ou ele que causava aquele efeito sobre Nymeria. - Provavelmente me divertirei tanto que mal terei vontade de sair daqui.

Seus dedos roçaram de leve o rosto dele antes que se levantasse. Ela não precisava de fato de ajuda, já banhara-se em estados muito piores que aquele, mas aquela proposta parecia tentadora demais para ser recusada. Afinal de contas, as algemas que tinha em mente usar mais cedo não poderiam ser levadas em consideração por um bom tempo.

- É realmente um cavalheiro, oferecendo seus serviços de bom grado assim... bem, eu irei aceitar já que vai ser realmente mais fácil com você ao meu lado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lennart Eurus
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 154
Data de inscrição : 25/09/2017
Idade : 18
Localização : Windfall City

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens: Um belo de um arsenal

MensagemAssunto: Re: Recanto da Nymeria   Ter Abr 24, 2018 10:21 pm

Ah, mas ele sabia que ela gostava daquilo tanto quanto ele. Cada segundo que passavam juntos, se provocando, se beijando, trocando aquelas palavras tão excitantes eram como pequenos pedaços do paraíso para ele - Aah, mas eu tenho uma queda por garotas malvadas.

Lennart escolheu interpretar aquilo como ela estar começando a se apaixonar por ele. Não estava tão longe da realidade, porém seria uma mentira da parte dele dizer que apenas Nymeria estava começando a sucumbir às flechas do cupido. Por mais que fosse incapaz de admitir, ele estava começando a se apaixonar por ela também, cada dia se entregando mais e mais para aquela tentação gélida.

- Como bem quiser - Disse ele, aproximando sua boca do pescoço dela e lambendo, subindo desde a base do pescoço dela até parte da bochecha dela. Após isso, ele mordeu o lóbulo da orelha dela, soltando um suspiro do mais puro desejo assim que seus dentes deixaram de fazer contato com a pele dela.

Assim que Nymeria se levantou, Lennart, com muito cuidado, passou seu braço em volta da cintura dela, tanto para servir de apoio para a garota ferida, como para provocá-la. O modo com o qual a segurava estava longe de ser algo amigável, vindo de um servo que buscava ajudar sua mestra, aquilo era íntimo e provocativo.


- Vai ser mais fácil e mais prazeroso - Ele falou, depositando um beijo no pescoço dela - Vamos?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nymeria Lindberg
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 232
Data de inscrição : 26/09/2017
Idade : 17
Localização : Windfall

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens: Espada

MensagemAssunto: Re: Recanto da Nymeria   Qui Maio 03, 2018 12:48 am

- Quer dizer que você é masoquista? - ela sabia bem da resposta para aquela pergunta, mas fez mesmo assim. Provocando, testando. Aquele jogo jamais teria um fim, e essa perspectiva deixava-a ansiosa de uma maneira boa.

Nym não sabia quais razões faziam-na começar a ver nele alguém importante, alguém que denotava-lhe preocupação e um começo de amor. Ela simplesmente estava disposta a ver como as coisas se desenvolviam... afinal, seria possível que ela própria, gélida do jeito que era, poderia amar verdadeiramente alguém do sexo oposto como ele?

Ela entreabriu os lábios sentindo a boca dele percorrendo-na, causando uma eletrecidade natural, seus pelos arrepiando-se. A sensação de dor que percorria seus ferimentos foi lentamente dando lugar a algo mais intenso e profundo... desejo. Deixando-se ser apoiada por ele e suas mãos intrusivas, um sorriso largo e tranquilo acabou transparecendo pela sua máscara normalmente apática.

- Vamos. - e deixou-se ser guiada por ele para um banho muito longo... e relaxante.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lennart Eurus
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 154
Data de inscrição : 25/09/2017
Idade : 18
Localização : Windfall City

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens: Um belo de um arsenal

MensagemAssunto: Re: Recanto da Nymeria   Ter Jul 10, 2018 8:16 pm

Havia se passado um dia desde que Shadow caíra. Nymeria não exibira nenhum sinal de que melhorara, porém Lennart tinha fé de que era apenas uma questão de tempo até que aquela dor que ela sentia passasse. Não, aquilo nunca iria passar. Mas iria diminuir com o tempo. E ele faria tudo em seu alcance para ajudá-la a aguentar e superar aqueles tempos difíceis. Porém, não era por isso que ele teria que ficar longe de seu trabalho. Após conferir o quarto de Nymeria, vendo que este estava completamente arrumado e pronto para uso ( algo que ele esperara que demorasse mais ), Lennart deixou a academia. Vestia uma calça militar, botas coturno pretas, uma camiseta branca e por cima disso uma jaqueta de couro. Carregava em suas costas uma enorme mochila, dentro dela haviam mais roupas.

Ele entrou em um carro, que estava sendo dirigido por um dos membros dos Treze Fúrias, e deixou o lugar de aprendizado para trás. O carro foi e foi, deixando a cidade e indo até um galpão. Informantes afirmavam que ele havia sido usado recentemente para queimar um carro, porém eles não encontraram nenhum sinal disso do lado de dentro. Chegando lá, ele viu mais um membro dos Treze Fúrias. Descendo do carro, ele aproximou-se da pessoa.


- Está tudo preparado? - Questionou Lennart.

- Tudo, que nem você pediu - Afirmou o rapaz, seu rosto escondido debaixo de um capuz negro.

- Obrigado, Nate. Pode voltar pro carro. Eu vou me demorar aqui. Ah, já sabe o que preparar, não é? - Após o rapaz assentir, Lennart bateu duas vezes no braço dele entrou no galpão, fechando as portas atrás de si. Ali, ele tirou aquelas roupas e vestiu as que estavam dentro da mochila, uma calça, tênis, meia e camiseta completamente negras. Após isso, ele caminhou até onde o homem estava preso.

No centro do galpão havia um local isolado. Foram erguidas lonas que formavam um quadrado, elas também tampavam o chão. Lennart empurrou uma delas para o lado e entrou. Nicolai estava completamente nu, preso a uma espécie de placa metálica. Era como aquelas camas de massagem, havia até mesmo um espaço por onde estava o rosto dele. As costas dele estavam viradas para Lennart. O rapaz puxou uma pequena mesa que havia ali perto e parou na frente de Nicolai.


- Olá - Cumprimentou, uma frieza em sua voz que deixaria Nymeria orgulhosa - Temos muito o que conversar. Vamos pular o papo fiado. Você vai me dizer exatamente quem eram seus compradores, assim como os seus fornecedores e financiadores. Vai me dizer se existem registros dele fora de computadores e onde encontrá-los. Nomes, idades, endereço da rua, nome do padeiro com quem eles comprar a porra do pão. Eu quero tudo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nymeria Lindberg
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 232
Data de inscrição : 26/09/2017
Idade : 17
Localização : Windfall

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens: Espada

MensagemAssunto: Re: Recanto da Nymeria   Ter Jul 17, 2018 4:14 pm

Ele perdera totalmente a noção de quanto tempo estivera ali. Parte disso era culpa exclusivamente da incapacidade de saber quanto tempo passara acordado. Mas assim que conseguira abrir seus olhos e desanuviar sua mente, Nicolai já estava naquele estado: nu, indefeso, pronto para ser dissecado vivo. E não havia dúvidas que aquele guarda costas maldito o faria.

- Tudo isso pela Blyadischa¹ daquela princesinha russa. Você vai lamber o chão que ela pisa também? - ele teria cuspido no rosto de Len se sua cabeça não estivesse para baixo. Seus dentes trincaram com desgosto. - Vocês dois destruiram minha obra prima e acha mesmo que vou simplesmente lhe dar as informações que quer? Ee-dee nah hooy²!


Ele sabia bem o que o esperava, mas ele faria questão de aguentar o máximo que desse. Sua arrogância tornara-se sem limites, ele jamais revelaria qualquer coisa que fosse sem uma boa luta antes.



1- Prostituta.
2- Foda-se.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lennart Eurus
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 154
Data de inscrição : 25/09/2017
Idade : 18
Localização : Windfall City

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens: Um belo de um arsenal

MensagemAssunto: Re: Recanto da Nymeria   Ter Jul 17, 2018 5:04 pm

- Eu sabia que você ia responder assim.

A postura de Lennart mantinha-se. Frio, intocável. Nem parecia aquele Lennart de antes, repleto de uma malandragem característica, com sorrisos fáceis e provocações na ponta da língua. Era como se uma outra pessoa tivesse tomado conta do corpo dele, uma pessoa muito mais profissional e sem emoções, objetiva e pragmática. Ele tinha uma missão, que era tirar as informações daquele homem. Certamente os dados que haviam sido encontrados nos computadores de Shadow estavam sendo analisados naquele exato momento, provavelmente apareceria o nome de um comprador ou de um financiador. Mas não de todos, ele duvidava que Nicolai fosse tão descuidado assim.

Na mesa que Len puxara haviam duas caixas fechadas, um pequeno martelo, um maçarico que normalmente era visto em oficinas e alguns panos. Nicolai, se forçasse a sua visão, poderia notar tudo isso já que a mesa estava bem elevada do chão. Ela também fora feita para ser girada, e foi justamente isso que Lennart fez, usando um controle que havia sido largado no chão. A mesa girou até parar em uma posição de noventa graus. Agora Nicolai podia ver bem o rosto de Lennart. Era um rosto sem expressão alguma. Era como se aquilo na frente dele fosse um robô.


- Eis o que vamos fazer. Está vendo isso? - Ele pegou o maçarico da mesa - Eu vou usar isso em você. Em um certo ponto da sua coluna. Primeiro, você vai sentir frio, nem mesmo o calor você vai sentir. Isso aqui está tão quente que só de tocar na sua pele, ele vai destruir os nervos e o tecido, passando a ilusão de algo gelado. Depois, o cheiro da carne queimada vai começar a subir, a sensação gelada vai sumir e sua pele vai ficar como se estivesse amortecida e por fim eu paro. E é aí que entre esse carinha aqui - Ele pegou o pequeno martelo. Ao invés de uma das pontas ser curvada, para tirar pregos, ela era bem pontuda - E eu vou dar com ele na sua coluna. Você vai sentir dor, muita dor. Isso vai ser eu quebrando um pouco da sua coluna. Depois eu repito o processo nos braços e nas pernas. Você não vai mais conseguir se mover sozinho, vai sentir uma dor imensa... E eu vou manter você vivo. A Casa vai garantir que você viva. Se você quiser dar uma mijada, vai precisar de ajuda. Você vai desejar estar em um estado vegetativo, vai rezar para a dor parar. Mas nós vamos garantir que ela continue - Ele colocou o martelo em cima da mesa e puxou ela para trás de Nicolai, batendo uma mão contra a outra logo em seguida - Bom, vamos começar.

E Nicolai sentiria exatamente o que Lennart falara. Frio. Em um ponto de sua coluna, perto do meio dela. Era uma sensação estranha, gelada e muito desconfortável. Ele podia escutar que o maçarico estava ligado e sentira um calor conforme ele aproximava o equipamento das costas do homem. Não deveria demorar muito e logo o cheiro de carne começaria a subir. Mas até então, era só aquela sensação gelada, conforme o fogo devorava a pele de Nicolai.

- Quando quiser falar sobre aquilo que eu te pedi, é só avisar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nymeria Lindberg
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 232
Data de inscrição : 26/09/2017
Idade : 17
Localização : Windfall

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens: Espada

MensagemAssunto: Re: Recanto da Nymeria   Qua Jul 18, 2018 12:27 pm

Não havia dor. Havia apenas uma sensação gelada e incomoda, que aos poucos ia atravessando suas costas e fazia-o arrepiar-se. O pior era o cheiro. Ele sabia perfeitamente que carne era aquela que queimava, e isso fez seu estômago embrulhar. Por mais que a dor certamente viesse depois, no entanto, ainda dava para aguentar. Lennart mal começara, estava mais do que claro.

- Você vai precisar fazer melhor, pirralho. Vladimir sabe que você anda fodendo a filha dele? Porque se souber tenha certeza que seu destino vai ser muito pior do que o meu. Você pode fazer o que achar melhor, eu não vou dizer-lhe uma palavra sequer. Não para um puto que serve a Vladimir. Espero que vocês todos queimem no in...

Bem, era de se esperar que após o monólogo inútil, Lennart o interromperia com um golpe do martelo, o que definitivamente ia doer pra caramba e fazê-lo se calar por um tempo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lennart Eurus
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 154
Data de inscrição : 25/09/2017
Idade : 18
Localização : Windfall City

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens: Um belo de um arsenal

MensagemAssunto: Re: Recanto da Nymeria   Qua Jul 18, 2018 10:40 pm

Um golpe de martelo nas costas dele, o cheiro de carne queimada subia pelo local. A parte pontuda do martelo não chegara a bater diretamente na coluna do homem, Lennart não havia queimado ele o suficiente, portanto a ponta prendeu-se na pele do homem e ele balançou o objeto de um lado para o outro, causando ainda mais dor nele, certamente arrancando alguns gritos. Após o martelo ser retirado, Lennart jogou os apetrechos em cima da mesa e voltou a ficar na frente de Nicolai.

- Não, Vladimir não sabe que eu transo com a Nymeria, assim como ele não sabe que estamos com você. Pior, que estamos com você vivo. Acho que vamos parar isso por aqui, vou entregar você pra ele, em uma bandeja de prata. E que ele faça o que quiser com você, certamente vai ser pior do que o que eu estou fazendo.

Ele duvidava que Nicolai fosse ficar com medo daquela ameaça, ele já fora contra Vladimir antes, então não tinha motivos para temer ser entregue para ele. Porém, se havia algo que Nicolai podia saber com toda a certeza do mundo, é que o dinamarquês não estava mentindo. Se Vladimir colocasse suas mãos em Nicolai, ele passaria por um inferno na terra, que duraria até Vladimir se cansar da tortura e da dor do homem, e então o passaria para outra pessoa torturar. Talvez o usasse para educar os torturadores da máfia russa. As possibilidades eram imensas.

- Eu acho... Que vou dar com a ponta desse martelo no seu saco.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nymeria Lindberg
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 232
Data de inscrição : 26/09/2017
Idade : 17
Localização : Windfall

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens: Espada

MensagemAssunto: Re: Recanto da Nymeria   Sab Jul 21, 2018 7:02 pm

Por um tempo a única coisa que se pode ouvir foram os gritos do homem. Por mais forte que ele estivesse se forçando a ser, aquela dor era terrível demais para passar por ela sem transparecer nada... não era preciso ser um gênio para saber que suas costas jamais seriam as mesmas, que nenhuma parte dele, depois daquela tortura, seria salva. Ele praguejou insistentemente em russo em resposta as palavras de Lennart, o dinamarquês não deveria ficar surpreso, talvez um pouco, sobre todas as possibilidades das quatro palavrinhas ofensivas da língua russa que eram as principais e poderiam ser combinadas de várias maneiras para criar xingamentos distintos.
Nicolai realmente tinha um vocabulário extenso.

- Você não vai... me entregar para Vladimir... sabe por quê? Porque sua preciosa princesinha foi feita em pedaços e eu fui um dos responsáveis. Não é verdade, ex-líder dos 13 fúrias? - ele usou um tom de zombaria, mas aquilo era de certa forma preocupante. Como teria descoberto que Len fizera parte dos 13 Fúrias, se toda a informação da Casa era difícil de ser vazada? Se bem que, levando em consideração tudo o que ocorrera com Shadow, não era nenhuma novidade que aquele homem sabia muito mais do que colocava na mesa. E isso era mais uma boa razão para não deixá-lo simplesmente ir embora. - Vá se foder, Lennart Eurus, ou seja lá como chamam você. Não quer chamar seu "outro lado" para entrar na festa também? Vamos fazer uma maldita sposob¹!



1- suruba (de acordo com o google tradutor q)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lennart Eurus
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 154
Data de inscrição : 25/09/2017
Idade : 18
Localização : Windfall City

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens: Um belo de um arsenal

MensagemAssunto: Re: Recanto da Nymeria   Dom Jul 22, 2018 7:02 pm

- Sempre é assim - Lennart suspirou pesadamente, balançando seu rosto de um lado para o outro. Não parecia estar irritado ou até mesmo incomodado pelas palavras de Nicolai, na verdade, parecia estar decepcionado - Todos que eu torturo sempre falam do Eurus. Blah, blah, blah traga ele aqui, blah, blah, blah ele dá medo de verdade. Blah. Blah. Blah.

Ele jogou o martelo de uma mão para a outra, um movimento lento. Nicolai poderia ver seu próprio sangue na parte pontuda do martelo, pingando no chão e nas roupas do assassino conforme o equipamento era arremessado. Os olhos de Lennart grudaram-se nos de Nicolai, frios como a temperatura mais baixa de Sibéria, como as geleiras que permeavam as mesmas. Não havia um arremedo de emoção no rosto de Lennart, até mesmo Nymeria raramente demonstrava isso, pelo menos não depois de que começara o seu relacionamento com Lennart. Nele não havia calor ou um sinal de humanidade.


- Você acha mesmo que um descontrolado como ele faria algum bem aqui? Bom, para você talvez fizesse, ele não sabe nem o começo do que fazer em uma tortura. Não sabe planejar uma rotina, não sabe onde bater, não sabe o que fazer - Lennart rodeou Nicolai, voltando para as costas dele e o martelo atingiu a mesa onde Nicolai estava. O homem seria capaz de sentir que a parte do martelo usada para pregar estava poucos centímetros abaixo do escroto dele - Fale, Nicolai. Você não quer ver o que eu tenho guardado ainda.

O punho de Lennart moveu-se suavemente, batendo duas vezes em Nicolai, uma vez em cada testículo. Não era força o suficiente para esmagá-los ou machucá-los seriamente, mas aquela era a parte sensível de todo homem, aquilo gerava uma dor imensa que passava dos limites das palavras. Nicolai sentiria um enorme choque percorrer seu corpo, começando nos locais atingidos, depois vinha uma dor imensa e então ele começaria a rir. A dor era tanta que ele acabava por rir, para tentar controlar o que sentia. Era assim para todos os homens. Ah, e ele xingaria, obviamente.

- Só precisa falar os nomes completos de seus compradores e investidores. E eu não matarei você - Lennart apareceu na frente dele novamente, uma sombra de sorriso em seu rosto - Você provavelmente vai falar '' Eu não vou falar nada para você, seu assassino filho da puta ''. Mas não tem problema. Temos muitas horas. Para o resto do mundo, você está morto. E daqui a pouco, vai estar desejando que o mundo estivesse certo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nymeria Lindberg
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 232
Data de inscrição : 26/09/2017
Idade : 17
Localização : Windfall

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens: Espada

MensagemAssunto: Re: Recanto da Nymeria   Sex Ago 03, 2018 3:46 pm

Ele não dava a mínima para quem o torturaria ou como. Era claro que Eurus, o tão mal falado Eurus, seria uma opção melhor, a dor seria extravagante e terrível, mas terminaria antes que Nicolai abri-se o bico. É claro, isso seria ótimo para ele... ainda assim, tinha a plena consciência que não teria sorte. Não com aquele maldito assassino na sua cola, e principalmente depois do que fora feito a Nymeria. Como diabos ele saberia que o sexo tinha dado lugar à amor? Não era preciso ser um gênio para descobrir que aqueles dois estavam trepando, não com seus olhos e principalmente ouvidos na academia. Em verdade, ele descobrira que os jovens faziam, em geral, muito barulho.

Ele não respondeu as provocações dessa vez, mas recebeu a pancada em seus testículos da mesma forma. A dor foi tanta que por um momento seu cérebro ficou em branco, ele parecia incapaz até mesmo de xingar, e é claro, começara a rir, rir de nervoso e de dor e de como tudo havia dado errado. Porra... como aquilo tinha terminado assim? Nicolai traçara seus planos com tanto cuidado... ele conseguira juntar tanta gente, ele conseguira até mesmo virar a cabeça de Anya. Inferno...

- Você... pode... continuar... - ele cuspiu contra o chão, o riso parando e a dor propagando-se por partes que nem acreditava ser possível. - Não me importa para quem essas informações vão... não vou dizê-las. Você pode me torturar por dias e dias e dias, Lennart Eurus, e mesmo que consiga algo... será tarde demais.

Shadow parecia ser o problema maior daquela cidade até aquele momento, juntando toda a desgraça que ela tinha a oferecer, entretanto... o que ele queria dizer com aquilo? Estariam os compradores e investidores do plano Shadow construindo algum outro tipo de ameaça, ou ele sabia de mais alguma coisa paralela que poderia vir a ocorrer?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lennart Eurus
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 154
Data de inscrição : 25/09/2017
Idade : 18
Localização : Windfall City

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens: Um belo de um arsenal

MensagemAssunto: Re: Recanto da Nymeria   Sex Ago 03, 2018 4:24 pm

- Eu quero que se foda o quanto demore isso e quero que se foda se vai ser tarde demais, conseguir esses nomes para ajudar a expurgar esses filhos da puta do mundo é meu segundo objetivo nessa tortura - Ele rodeou Nicolai, sumindo atrás dele e novamente aquela sensação gelada voltou, momentos após o som do maçarico ser ligado - O que eu mais quero aqui é ver você quebrar.

Claro que ele estaria ali por motivos pessoais, por qual outro motivo ele estaria ali? Lennart era perdidamente apaixonado por Nymeria e tudo o que Nicolai fizera fora machucá-la. Portanto, era hora de Lennart se vingar, se Nicolai sentisse apenas um pingo da dor que Nymeria sentira ao matar a própria mãe, já valeria para ele. Pois por menor que fosse, ele duvidava que Nicolai fosse aguentar esse pingo de dor. Logo o cheiro de carne queimada voltou a espalhar-se pelo local, com Lennart cantarolando conforme o local que estava gelado começava a ficar mais e mais dormente, logo o fogo chegaria perto da coluna e o martelo viria, certamente doendo ainda mais do que da última vez. Todas as pessoas possuem um limite, portanto por mais que Nicolai fosse teimoso, uma hora ele teria que abrir a boca.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nymeria Lindberg
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 232
Data de inscrição : 26/09/2017
Idade : 17
Localização : Windfall

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens: Espada

MensagemAssunto: Re: Recanto da Nymeria   Ter Ago 07, 2018 10:35 pm

Nicolai só estava ganhando tempo. Para que exatamente, nem ele mesmo sabia. Talvez fosse apenas seu orgulho, afinal de contas nenhum dos que poderia vir a citar naquela sala poderiam fazer algo pior do que Lennart estava fazendo. E o filho da puta era um bom torturador, isso ele tinha de admitir. É claro que essa admissão só continha, justamente, o termo filho da puta e mais um monte de xingamentos em russo.
Mas, como era de se esperar, a dor quebrou seu orgulho... ele já rira, chorara e gritara tanto que perdera praticamente tanto a voz quanto a sanidade. Seus testículos pareciam que explodiriam, suas costas eram um caso pedido e sua coluna... merda. Seria um milagre se ele conseguisse sair andando daquilo. É óbvio que todo o seu treinamento não ajudaria.

- Vai se foder. - a voz rouca, com pouca energia, percorreu a sala quando Len ameaçou mais uma vez acertar seus testículos. Aquilo era demais... ele sabia bem que o inimigo faria questão de continuar torturando-o por horas e horas e horas a fio, até que ele quebrasse a um nível sem retorno. Não duvidava que era isso que Nymeria desejaria, também.

Maldita pirralha e seu tolo senso de justiça. O que eles poderiam ter feito caso Nymeria decidisse aliar-se a mãe? O que conquistariam? Não importava pensar nisso. Nicolai havia perdido, Anya havia perdido. Ele estava no fundo de um poço fechado e lacrado, e parecia que o mesmo estava desintegrando, porque deveria haver um lugar ainda mais fundo para se chegar.

- Makarov... é o financiador primário. Há mais... mas eles são peixe pequeno... em comparação a ele. - se Lennart sabia o suficiente, e, mesmo que não soubesse, era capaz de conversar sobre isso com Nym em algum momento, descobriria que Viktor Makarov era o dono de um dos maiores laboratórios da máfia russa em território americano. Teoricamente, também, ele deveria ser um dos grandes aliados do pai, uma das razões para que Nymeria não pudesse simplesmente matar o pai e sentar no trono com seu irmão, sem pensar bem sobre o assunto.

Fracamente, ele citou outros tantos nomes. De fornecedores e compradores, como o esperado. A maioria era da alta classe, tinham renome e eram importantes. É claro, nenhum serviria a Len tanto quanto o primeiro nome dito. Ou talvez a própria Nymeria Lindberg.
Logicamente, também, isso não importaria, eles seriam caçados um por um de qualquer jeito. Pela casa, e por todos aqueles que Nym comandava.

Entretanto, como era de se imaginar...
Os gritos não pararam após a lista de nomes ser revelada.
Eles recomeçaram a um tempo depois. Mais altos, mais desesperados... e ainda mais loucos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lennart Eurus
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 154
Data de inscrição : 25/09/2017
Idade : 18
Localização : Windfall City

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens: Um belo de um arsenal

MensagemAssunto: Re: Recanto da Nymeria   Ter Ago 14, 2018 2:58 pm

Após os nomes serem ditos, Lennart sorriu. Ele apertou um botão que havia em um pequeno gravador e saiu, levando o mesmo para fora, diretamente para um dos membros dos Treze Fúrias, para que os nomes ali pudessem ser caçados. Exceto o primeiro. O primeiro lhe foi uma novidade, pois ele não esperava escutar aquele nome ali e ele nem estava na lista de suspeitos de envolvimento com Shadow. Portanto saber que um dos grandes aliados de Vlad estava envolvido com aquilo era algo ótimo. Pois ele e Nymeria matariam Vlad e precisariam passar por ele antes. Tinham agora um motivo perfeito para matar Makarov e seguir até Vlad sem maiores suspeitas.

Voltando para dentro, para Nicolai, ele pegou algo que havia colocado em cima da mesa assim que saiu. Parou na frente do homem e forçou-o a abrir a boca e... colocou um picolé dentro da boca dele. A sensação de frio que o homem sentira e a dormência que viera logo em seguida? Vieram do picolé. Claro, não havia apenas um, na caixa térmica que havia em cima da mesa possuíam vários que Lennart usara e trocara antes que derretessem com o calor da pele do homem. O cheiro da carne queimada? De fato, Lennart usara um maçarico, para queimar uma carne que colocara dentro da mesa. A única parte real da tortura, além dos golpes nos testículos, foram as marteladas. Porém estas nem foram tão fundas e muito menos graves. A mente de Nicolai, por estar em uma situação de estresse e por acreditar nas palavras de Lennart, o condicionara a sentir ainda mais dor do que deveria. Não que uma martelada daquelas não doesse, mas diretamente na coluna teria sido ainda pior. Lennart girou a mesa até o rosto de Nicolai ficar devidamente para baixo e as costas para cima. Pegou a carne e lambuzou completamente Nicolai. Jogou a carne em cima da nuca dele e limpou as mãos em um pano, trocando de roupa conforme assassinos da Casa entravam e começavam a tirar os equipamentos, deixando apenas as lonas que tampavam o lugar. Entregou a mochila com as roupas sujas de sangue para um dos assassinos, ele saberia livrar-se daquilo.


- Sabe, você durou bem mais do que eu esperava. E por mais que eu adore a ideia de matar você diretamente, vou deixar isso para um grupo um pouco mais... faminto - Lennart chutou o rosto de Nicolai, certamente quebrando o nariz dele - Adeus.

Ele deixou o galpão, do lado de fora haviam dois membros dos Treze Fúrias, cada um segurando três enormes cachorros pela coleira. Lennart abaixou-se e acariciou um deles e o mesmo choramingou baixinho, fazendo com que o assassino o acariciasse mais uma vez, sorrindo tranquilamente para ele.

- Está com fome é? Tem comida lá dentro - Os cachorros haviam pegado o cheiro da carne que exalava da própria carne e de Nicolai. Os assassinos soltaram as coleiras, porém os cachorros permaneceram parados - Peguem!

E entraram dentro do galpão, os gritos de Nicolai começando a ecoar pela noite. Lennart estralou seu pescoço duas vezes, começando a caminhar para um carro. Parou, abriu a porta e sentou-se do lado de dentro, o vidro aberto permitindo que os gritos de Nicolai pudessem alcançar os ouvidos dele sem a menor interferência. Havia um sorriso em seus lábios, calmo e sereno. E certamente aterrorizador.

- Joguem o que sobrar para os porcos! - Falou para os dois membros e ligou o carro - Ah, mas deixem a caveira intacta, limpem ela e mandem pra mim depois! - Fechou a janela do carro e pôs-se a dirigir - Vlad vai gostar desse presentinho...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Recanto da Nymeria   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Recanto da Nymeria
Voltar ao Topo 
Página 5 de 5Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Windfall City :: Dormitórios :: Dormitório Feminino-
Ir para: