A place so full of mystery is just a puzzle to be solved
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Aposentos da Robin

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
Hanna Blackwell
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 153
Data de inscrição : 06/08/2017
Idade : 19
Localização : Academia Blackwell... não, eu não sou parente do fundador nem nada do tipo.

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Dom Set 24, 2017 10:49 pm

A garota ergueu os olhos para observar a outra, entreabrindo os lábios em seguida. As trancinhas em seus cabelos balançaram de um lado para o outro com a movimentação e Hanna piscou os olhos, demonstrando certa perplexidade.

- Você acha mesmo!? Eu sei que as coisas andam difíceis nos dias de hoje, mas algo como... uma ditadura aconteceria assim? - ela levantou um dos braços e encostou a manga da blusa em sua boca. - Isso é absolutamente horrível...

Ela girou nos calcanhares e fez uma pirueta típica de uma bailarina profissional, apenas para mover um pouco o próprio corpo. Hanna vivia dançando e cantando pelos corredores, era surpreendente que tivesse segurado esses impulsos até aquele momento. Logicamente, no entanto, ela estava atenta as coisas que haviam no quarto, para que não caísse, afinal era bastante desastrada.

- Ele certamente terá! - o sorriso brilhante abriu-se em seguida e a moça moveu sua atenção para um próximo assunto. - Que curso você faz aqui, Robin?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aidan Kearney
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 39
Data de inscrição : 01/09/2017
Idade : 17
Localização : Academia Blackwell

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens:

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Seg Set 25, 2017 1:49 pm

Robin havia visto demais, durante suas pesquisas como uma Vigia ela acabara encontrando alguns arquivos que não deveriam chegar aos olhos do público, e de fato não chegaram caso contrário ela estaria sendo caçada nesse exato momento. Ela não conseguira entender metade das coisas que estavam escritas, devido aos termos e acrônimos usados, mas leu o suficiente para saber que era de origem militar.

- Eu tenho certeza. Os EUA já censuraram alguns sites no passado e isso só vem aumentando conforme falamos, uma hora ou outra eles vão dar um jeito de controlar o fluxo de informação, decidindo o que passa e o que não passa Até mesmo para uma pessimista como Robin, aquilo parecia ser um tanto exagerado. Mas pela expressão dela, a garota acreditava veemente que aquilo iria acontecer futuramente.

Robin era realmente diferente de Hanna, ao ponto que ela vivia movendo-se e era incapaz de ficar parada por muito tempo, Robin quase não movia-se. Bom, a única exceção eram as suas mãos, que sempre estavam movendo-se de um lado para o outro no teclado de seu computador. O único tipo de coisa que fazia, além de usar seu computador é claro, era praticar artes marciais em seu saco de pancada.


- Fotografia - Ela respondeu, tranquilamente - E você, Hanna?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hanna Blackwell
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 153
Data de inscrição : 06/08/2017
Idade : 19
Localização : Academia Blackwell... não, eu não sou parente do fundador nem nada do tipo.

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Qua Set 27, 2017 1:32 am

Hanna era alguém inocente demais. Se fosse outra pessoa, ela teria tentado descobrir o que havia por trás das palavras de Robin... porque ela parecia de certa forma nervosa com a situação naquele momento. Mas a jovem que ali estava não percebeu tal coisa, ela parecia mais preocupada com o mundo num estado global, não com o que Robin poderia saber.

- Mas... deve ter alguma forma de impedir esse tipo de coisa... mudar o presidente, talvez? - ela coçou a parte de trás da cabeça, um pouco amuada. - Se bem que, pensando bem, não há muito que possamos fazer não é? Espero que não chegue realmente a esse ponto...

Hanna sorriu para a outra largamente ao ouvir que era aluna de fotografia. Ela bateu as palmas das mãos e parecia absolutamente empolgada novamente.

- Que legal! Você me mostra algumas fotos quando puder? - o sorriso ficou um tiquinho mais nostálgico, mas dava para sentir a energia de Hanna fazendo presença. - Eu faço teatro. Vou me especializar em musicais.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aidan Kearney
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 39
Data de inscrição : 01/09/2017
Idade : 17
Localização : Academia Blackwell

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens:

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Qua Set 27, 2017 1:44 pm

De fato, Robin havia falado demais naquele momento. Porém teve sorte de que Hanna era uma pessoa boa e inocente, caso contrário ela poderia ter comprometido a sua posição e quem realmente era. Caso a garota tivesse lhe confrontado, ela não saberia como reagir e aquilo provavelmente não teria terminado bem para nenhuma das duas. Ela fez uma nota mental para nunca mais falar tanto assim.

- Não acho que só isso seria o suficiente. Só podemos esperar que bata um bom senso nesse povo e eles tomem a decisão correta. Chega desse assunto chato, vamos falar de outra coisa.

Ela rapidamente mudou o assunto, sabia que não conseguiria se conter caso continuasse a conversar com Hanna e provavelmente acabaria falando mais do que devia. Robin tinha uma dificuldade enorme em não falar sobre aquilo que defendia, e a presença daquela garota era contagiante demais e ela provavelmente acabaria revelando alguns segredos perigosos.

- Claro, eu tenho algumas aqui de umas viagens que fiz alguns anos atrás. Só preciso achar elas - Robin abriu uma das gavetas de sua mesa e começou a revirar as coisas que haviam ali dentro, procurava por algumas fotos soltas mas seria muito difícil achá-las no meio daquela bagunça - Sério? Que legal! Eu sempre gostei muito de musicais.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hanna Blackwell
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 153
Data de inscrição : 06/08/2017
Idade : 19
Localização : Academia Blackwell... não, eu não sou parente do fundador nem nada do tipo.

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Qui Set 28, 2017 10:19 pm

Hanna fez uma careta sutil, esperar as pessoas do auto escalão criarem bom senso era o mesmo que esperar por um milagre. E o milagre ainda era mais certo de acontecer. Ela percebera isso com a coincidência que salvara a sua vida, não fosse uma cadeia de acontecimentos, aquela garota não estaria ali, de frente para Robin.

- Hum... eu acho um pouquinho difícil. - ela coçou a bochecha com o dedo indicador e assentiu com a cabeça. - Você já visitou muitos lugares, Robin?

Era uma pergunta válida, a menina parecia ser experiente de uma forma que apenas alguém que viajara muito (ou tinha uma vida escondida) poderia. Isso ficou ainda mais óbvio quando a garota respondeu sobre a sua pergunta de deixá-la ver as fotografias que tirara.

- Er, se foi te causar muito incômodo não precisa, eu venho outra hora, ou sei lá! - uma gotinha surgiu em sua cabeça enquanto Hanna encarava a gaveta bagunçada, ela sabia mais do que ninguém como era encontrar uma agulha em um palheiro, pois seu quarto era igualmente caótico. Seus olhos brilharam a ouvir o comentário da menina. - Sim, eu vou seguir os passos da minha mãe e me tornarei uma atriz-barra-cantora exemplar. - ela realmente estava empolgada ao entrar naquele assunto. - Mesmo? Isso é diferente, não conheço muitas pessoas que gostam.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aidan Kearney
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 39
Data de inscrição : 01/09/2017
Idade : 17
Localização : Academia Blackwell

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens:

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Qui Set 28, 2017 10:29 pm

Robin tinha pouca esperança em geral para a humanidade, ainda menos quando se tratava de políticos e qualquer outro tipo de pessoa que tivesse muito poder e controle sobre a sociedade, mas ela não conseguia ver aquela situação terminando bem para ninguém. Se o que ela lera naqueles arquivos confidenciais viesse a se tornar uma realidade, ela podia apenas temer pelo o que iria ocorrer com os Estados Unidos, e sabia que aquele país seria apenas um estopim para algo que poderia se tornar muito maior.

- Hmmm, na maior parte do tempo eu fiquei em Los Angeles. Mas tenho alguns parentes que moram em Dublin, então eu já fui algumas vezes para lá.

Ela continuava a revirar a sua gaveta, ela conseguiu achar uma das fotos e puxou-a lá do fundo, mas sabia que havia mais algumas delas perdidas no meio de tanta tralha. Wolf passou a foto para que Hanna pudesse ver, enquanto buscava o resto delas por dentro daquela bagunça. Hanna poderia ver que a foto era de Dublin, tirada de uma distância conforme o sol se abaixava atrás da cidade. Era uma foto bonita, estava longe de ser perfeita, mas era bonita.

- Não, não, não tem problema - Ela continuava a revirar aquela gaveta, se tivesse ao menos escaneado aquelas fotos se salvado elas no computador, seria muito mais fácil mostrar para Hanna. Por fim, ela achou o resto das fotos, umas quatro no total, todas juntas e as tirou da gaveta - Achei! Eu tenho certeza que vai conseguir, Hanna. Bom, é que meus tios em Dublin são apaixonados por musicais, e toda vez que eu os visitava nós íamos em um.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hanna Blackwell
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 153
Data de inscrição : 06/08/2017
Idade : 19
Localização : Academia Blackwell... não, eu não sou parente do fundador nem nada do tipo.

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Dom Out 01, 2017 1:27 pm

Hanna desviou seus pensamentos daquilo. Por mais que desejasse tornar o mundo um lugar melhor, ela tinha ciência que não era uma tarefa fácil. Se pensasse demais sobre as coisas que poderiam ocorrer de baixo dos panos, aquela garota dificilmente dormiria a noite.

- Que legal! Minha mãe era irlandesa também. Meu pai dizia que ela viajava muito até conhecê-lo, mas aparentemente sossegou quando me teve.

Levando em consideração aquelas palavras ditas no passado, era óbvio que a mãe de Hanna, a qual ditava tão orgulhosamente, já havia falecido. No entanto, não havia quaisquer vestígios de tristeza ao mencioná-la. A garota observou a foto de Dublin e sorriu largamente, trazendo-a para bem perto dos olhos para vasculhar os detalhes.

- Uou, é realmente linda!
- Hanna não fazia elogios da boca para fora, ela valorizava as pequenas coisas, no entanto, e gostara bastante daquela fotografia. Ao olhar novamente para Robin a procurar o restante das fotos, ela inclinou um pouco a cabeça, mas ficou mais tranquila ao vê-la encontrar as ditas fotografias depois de tanto esforço. - Muito obrigada! Pessoas que gostam de musicais são super incríveis.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aidan Kearney
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 39
Data de inscrição : 01/09/2017
Idade : 17
Localização : Academia Blackwell

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens:

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Dom Out 01, 2017 2:01 pm

Assim como Hanna havia afastado aqueles pensamentos de sua mente, Robin estava fazendo o mesmo. Não desejava perder seu tempo com assuntos como aquele, haveria mais tempo para isso depois, quando terminasse sua pequena investigação sobre os alunos da Academia Blackwell, ela não iria ficar em um lugar perigoso. E na sua opinião, qualquer lugar em que Maxwell Watson estivesse, era um local do mais alto perigo, já que o rapaz era quase um imã de problemas.

- Eu adoraria ter viajado um pouco mais, mas nunca tive muitas chances.

Robin notara que pelo o que Hanna falara, a mãe dela estava morta. Porém ela preferiu não comentar nada sobre aquilo, não desejava fazer a garota se lembrar de algo triste, principalmente quando parecia estar tão feliz ao falar sobre musicais e outros assuntos antes considerados banais por Wolf.

- Obrigada! - Ela agradeceu pelos dois elogios, pelo da foto e sobre o comentário quanto a pessoas que gostam de musicais. Ela passou as quatro fotos para que Hanna pudesse ver, três delas eram fotos de paisagem, provavelmente tiradas na Irlanda. No entanto, a quarta foto era de uma bela mulher, de cabelos negros extremamente curtos e olhos azuis, ela tocava um violino com um sorriso calmo em seu rosto - Ah, essa foto é antiga. Uma das primeiras que tirei.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hanna Blackwell
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 153
Data de inscrição : 06/08/2017
Idade : 19
Localização : Academia Blackwell... não, eu não sou parente do fundador nem nada do tipo.

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Ter Out 03, 2017 11:39 pm

(Eu imagino que seja a mulher -q)


Se Wolf tivesse a menor ideia do que aquela garota e Maxwell se meteriam alguns dias depois, talvez ela tivesse tentado avisá-los e deixado aquela cidade. Podia ser algo que Hanna não sabia, mas era quase impossível que não tivesse chego aos ouvidos - ou até mesmo ao computador - de Robin as notícias de desaparecimentos. E Se tratando de uma cidade pequena daquelas, desaparecimentos nunca eram boa coisa.

- Oh, mas você poderá, desde que queira. Quero dizer, fotógrafos devem viajar bastante, não é?

Se Robin fazia o curso de fotografia, era de se imaginar que a garota quisesse se tornar uma profissional na área. Mesmo que não fosse um trabalho principal, certamente haveria muitas possibilidades para viagens futuras. Na cabeça da ruivinha sardenta, pelo menos.

- Não tem de que!
- ela capturou delicadamente as fotos entre suas mãos, observando-as com cuidado. Robin notaria que, apesar dela estar animada com aquilo, suas mangas continuavam tampando totalmente seus braços, deixando apenas os dedos das mãos de fora. - Oh, estão maravilhosas, queria tanto visitar a Irlanda. - seus olhos pararam então sobre a foto da mulher e a garota sorriu inconscientemente. - Quem é ela?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aidan Kearney
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 39
Data de inscrição : 01/09/2017
Idade : 17
Localização : Academia Blackwell

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens:

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Ter Out 03, 2017 11:53 pm

( O violino foi uma ótima dica :p )

Era óbvio que Robin ficaria sabendo dos desaparecimentos de Hanna, Max e Melissa, ela sempre estava de olho em qualquer movimentação suspeita que ocorria perto de si, por tanto assim que obteve a informação do sumiço daqueles três, ela começou a andar olhando por cima de seus ombros, foram dias um tanto difíceis para ela, já que sua paranoia atacou com força total e não dava sinal de passar tão rapidamente assim.

- Sim, mas isso é apenas depois que eu arranjar um emprego, no momento não tenho como viajar.

Na verdade aquele curso de fotografia tinha dois propósitos, o primeiro era servir como um disfarce para o que Robin estaria fazendo em Windfall e o segundo era para ajudar nas suas investigações, que muitas vezes a obrigavam a sair da cadeira de seu computador e ir para as ruas. De certa maneira, aquilo iria ajudá-la a tirar fotos um pouco melhores para liberar esses arquivos na internet. Quantas fotos de políticos fazendo merda estavam na internet por causa de Robin? Ela sinceramente perdera a conta.

- É um lugar maravilhoso - Agora Robin tinha um sorriso nostálgico e ao mesmo tempo triste em seu rosto, ver aquela foto trazia-lhe muitas memórias - Essa é a mãe do Maxwell. Gale Marie Watson. Ela era um amor de pessoa. Ela morreu quando o Max tinha dez anos de idade, pouco depois do irmão dele ser sequestrado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hanna Blackwell
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 153
Data de inscrição : 06/08/2017
Idade : 19
Localização : Academia Blackwell... não, eu não sou parente do fundador nem nada do tipo.

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Sab Out 07, 2017 6:58 pm

(Né q)


Hanna coçou o queixo, vendo a lógica nas palavras de Robin. Então ela coçou a parte de trás da nuca, um tanto sem graça.

- Bom, isso é verdade, mas eu tenho certeza que você vai conseguir algo bom, Robin.

Ela dissera aquilo com uma certeza genuína, Hanna realmente acreditava que a outra garota conseguiria chegar onde queria. Mesmo que os objetivos de Robin fossem mais obscuros do que ela deixava transparecer.

- Eu acredito mesmo que seja.
- ela cantarolou, mas ao notar a expressão triste de Robin e ao ouvir o que ela dissera, a menina desfez a expressão de felicidade. - Oh, que pena... ela deveria ser mesmo uma pessoa maravilhosa. Espera, você disse sequestro?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aidan Kearney
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 39
Data de inscrição : 01/09/2017
Idade : 17
Localização : Academia Blackwell

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens:

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Sab Out 07, 2017 7:10 pm

Robin abriu um sorriso para Hanna, o positivismo da garota era algo que parecia contagiá-la um pouco, por mais negativa que Robin fosse na maior parte do tempo. Era como se ela repelisse toda felicidade que chegava perto dela, porém quando conversava com Hanna era como se isso se dissipasse por completo.

- Obrigado, Hanna. Tenho certeza que você vai conseguir algo bom também.

Era incrível como uma pessoa boa conseguia mudar aqueles que estavam ao seu redor, apenas por falar com Robin Hanna conseguir algo impressionante, a hacker agora sorria. Não eram aqueles sorrisos de outrora, que foram lançados aqui e ali sem o verdadeiro controle da garota, agora Robin sorria do fundo de seu coração.

- Sim, o irmão gêmeo de Max, o Nathanael, foi sequestrado quando ainda era bem jovem. Com nove anos, se não me engano. Isso... colocou muita pressão naquela família. A cidade acusava Maxwell, entende? Como se ele tivesse tido parte naquele sequestro, por invejar o irmão.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hanna Blackwell
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 153
Data de inscrição : 06/08/2017
Idade : 19
Localização : Academia Blackwell... não, eu não sou parente do fundador nem nada do tipo.

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Ter Out 10, 2017 10:10 pm

Hanna era aquele tipo de pessoa otimista que faria até o diabo acreditar que voltaria ao céu. Ela acreditava que, enquanto as pessoas se esforçassem, elas poderiam conseguir o que queriam. Além disso, sempre torcia fervorosamente para que aqueles que conhecia conseguissem realizar seus desejos.

- Futuramente talvez você até tire uma fotografia de um dos musicais em que eu trabalharei.
- ela bateu as palmas das mãos, sorrindo animadamente.

O sorriso de Robin fez com que ela sorrisse ainda mais, num primeiro momento pensou que a outra garota era bastante séria, mas era agradável vê-la daquela forma. Afinal, as pessoas ficavam mais bonitas quando sorriam.

- Nossa, isso é tão horrível! Como as pessoas podem agir dessa forma, ele era apenas uma criança.
- Hanna piscou os olhos chocada, não imaginava que alguém poderia ser tão ignorante e mal a esse ponto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aidan Kearney
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 39
Data de inscrição : 01/09/2017
Idade : 17
Localização : Academia Blackwell

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens:

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Ter Out 10, 2017 10:19 pm

Por mais que Robin fosse uma pessoa geralmente negativa, nem mesmo ela poderia negar que haviam lados bons no mundo e ela constantemente buscava ver ditos lados, afinal ela estava muito próxima da escuridão do mundo devido a sua profissão, portanto ter o vislumbre da luz de vez em quando era algo que lhe fazia um bem enorme. E Hanna fazia parte dessa luz.

- Isso eu lhe garanto que farei - Robin sorriu-lhe, porém parte de sua mente fez aquela questão importuna '' Eu vou estar viva até lá? ''

Eram tão raros aqueles acontecimentos que até mesmo a Robin ficava surpresa quando isso acontecia, isso poderia ser notado pela expressão que passou pelo seu rosto, quando ela parou de sorrir. Ela estava completamente confusa sobre o por quê de ter sorrido de tal maneira, porém jogou a culpa em Hanna.


- Isso me lembra que Max costumava chamar aquela cidade de Eseldorf, significa vila de pessoas estúpidas. As pessoas daquela cidade estavam presas no século passado, eram supersticiosas demais e a religião tinha muita força naquela cidade. Não demorou muito para que começassem a acusá-lo de adorar o demônio. Acho que não ajudou nada ele adotar isso como um apelido depois de um tempo - Suspirou Robin, lembrando-se de que por um ano inteiro Maxwell fora odiado por uma cidade inteira com um sorriso em seu rosto, tudo por sua mãe.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hanna Blackwell
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 153
Data de inscrição : 06/08/2017
Idade : 19
Localização : Academia Blackwell... não, eu não sou parente do fundador nem nada do tipo.

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Sex Out 13, 2017 12:24 am

Hanna Blackwell era quase um anjo. Era certo que ela não merecia viver em um mundo tão escuro e deturpado. Mas ela vivia mesmo assim, e de alguma forma conseguira sobreviver a ele - não intacta, mas com força o bastante para recomeçar do zero e manter seu bom humor e carisma. Estes ela espalhava onde quer que ia, para quem quisesse escutar, e mesmo para aqueles que não queriam, ou não mereciam.

- Ha, seria realmente um máximo! - ela sorriu, como quem via tal futuro bem a frente, ao alcance da mão. Era um otimismo quase infantil, mas isso era quase o charme da garota.

O sorriso brilhante que Hanna mostrara foi diminuindo gradativamente enquanto Robin contava a história. A garota suspirou, aquilo era realmente horrível para ela. Afinal se passava sermão em bullyes - e acreditem se quiser, aquela garota tinha moral o bastante para isso e eles não tinham nem como revidar - imaginar as coisas que a outra menina falava deixavam-na absolutamente chateada.

- Oh, céus... deve ser por isso que ele tornou-se tão problemático Robin, passar por esse tipo de coisa. Eu não posso imaginar, acho que eu teria...
- ela fez uma pausa, arregalando os olhos em seguida, estava entrando em um assunto delicado demais. Ela apertou com um pouco mais de força as mangas longas de sua blusa e engoliu em seco - O que aconteceu?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aidan Kearney
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 39
Data de inscrição : 01/09/2017
Idade : 17
Localização : Academia Blackwell

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens:

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Sex Out 13, 2017 11:38 am

Robin decidiu que jamais mostraria para Hanna o seu verdadeiro lado, aquele que durante a noite ligava o computador e acessava os mais restritos sites de internet, de onde arrancava informações sigilosas e liberava na internet para que o povo pudesse ver o que realmente ocorria por trás dos panos. Claro que agora que estava em Windfall, Robin iria manter a cabeça abaixada e não iria fazer isso com muita frequência, porém ela fazia parte dos Vigias e tinha que contribuir de alguma maneira, por um futuro melhor. A garota coçou sua nuca, um costume que ela ainda não notava que tinha, pois sempre fazia isso quando estava escondendo algo.

- Só precisa falar e eu irei aparecer lá.

Robin não sentia prazer algum em contar aquela história, ela era horrível demais para o seu gosto e simbolizava tudo o que ela desejava evitar no futuro, toda aquela ignorância do povo de Helhole tirara dela uma pessoa importante e a substituíra por um ser horrível. Ela até sentiria raiva deles, se não sentisse uma enorme pena do que eles faziam.

- A mãe dele suicidou-se. Ela não aguentou tudo aquilo. Veja bem, Maxwell nunca foi uma pessoa boa, mas antes dava para aguentar ele. Quando o irmão dele sumiu, ele fez um esforço e se tornou uma pessoa boa, pela mãe dele. Mas quando ela se foi... ele culpou-se por isso, achou que não se esforçado o suficiente por ela. O pai dele também culpou ele - Robin fez uma pausa, estava agora entrando em um território que odiava profundamente - O pai dele sequestrou ele, junto de alguns outros homens que falavam que Maxwell era um servo do demônio. Isso aconteceu quando ele tinha onze anos. Ele fala que foi torturado por alguns meses, mas ele está mentindo. Foram quatro anos inteiros.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hanna Blackwell
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 153
Data de inscrição : 06/08/2017
Idade : 19
Localização : Academia Blackwell... não, eu não sou parente do fundador nem nada do tipo.

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Sab Out 14, 2017 9:17 pm

Robin não poderia saber mas, por mais que achasse seu trabalho real obscuro, provavelmente Hanna ficaria bastante surpresa - até mesmo admirada - com alguém como ela, que saía a caça de informações de pessoas "más" e as expunha. É claro que o buraco era bem mais em baixo, mas isso não passaria pela cabeça da jovem. Assim como ela não percebeu o tique de Robin.

- Eu vou dar um jeito de fazer a notícia chegar até você.

Hanna ficou estática enquanto ouvia aquilo, seus olhos foram enchendo-se lentamente de lágrimas e ela só foi perceber que estava chorando alguns minutos depois. Não que Hanna fosse fraca... ela não era forte como muitas pessoas daquela escola, mas ela tinha uma força única, que se desdobrava em empatia verdadeira para com o próximo. Se seus dedos estavam bem presos as barras da manga antes, agora a seguravam com tanta força que parecia impossível abrir sua mão.

- Isso é tão... é tão horrível. Pelo próprio pai? Isso não pode ser...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aidan Kearney
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 39
Data de inscrição : 01/09/2017
Idade : 17
Localização : Academia Blackwell

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens:

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Sab Out 14, 2017 9:28 pm

Ela não desejava mostrar algo como aquilo para Hanna, não em primeiro momento, aquele mundo no qual ela vivia era um caótico demais e ela temia com o que acabaria mostrando para Hanna. Para a maioria das pessoas era melhor viver na bolha em que se encontravam, vivendo suas vidas tranquilamente sem se preocupar com o resto, ela sabia que aquela bolha eventualmente seria quebrada porém quanto mais pudesse atrasar aquele fato inevitável, melhor para ela seria.

- Tenho certeza que fará isso.

Robin levou sua mão para perto de Hanna e limpou as lágrimas da garota com o nó de seu dedo, enquanto mantinha um sorriso calmo em seu rosto. Ela precisava se manter assim, caso contrário acabaria se irritando apenas por lembrar daquela história, ou pior ainda, acabaria chorando assim como Hanna. A família de Robin fora uma muito comum, sem maiores destaques, porém ela não conseguia nem imaginar o que aconteceria com sua cabeça caso passasse pelo o que Maxwell passara. Provavelmente teria enlouquecido. Se bem que...
O que garantia que Maxwell não havia perdido sua sanidade?


- Eu não sei os maiores detalhes do que aconteceu com ele, e prefiro ficar sem saber. Mas quando a polícia o encontrou, ele já havia escapado daqueles homens e... ele havia matado eles. Todos eles. Porém ele parecia não lembrar disso, o trauma na mente dele foi grande demais para suportar. Uma semana depois disso, o irmão dele retornou a cidade. Aparentemente as pessoas que haviam sequestrado ele capotaram o carro e morreram, e ele ficou em um coma - Robin parou por alguns segundos - Caso o encontre, por favor não fale que eu lhe contei isso, por mais que ele não se importe que a história dele seja espalhada, há alguns fatos aqui que precisam ser mantidos em segredo. Ele não pode lembrar que ficou quatro anos presos, muito menos que matou alguém.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hanna Blackwell
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 153
Data de inscrição : 06/08/2017
Idade : 19
Localização : Academia Blackwell... não, eu não sou parente do fundador nem nada do tipo.

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Dom Out 22, 2017 9:59 pm

Realmente, a bolha em que Hanna estava quebraria mais cedo do que o imaginado por qualquer uma das duas. Mas até aquele momento, a garota continuava sendo inocente, ou ignorante das coisas mais terríveis que aconteciam pelo mundo. Coisas que a maioria das pessoas achavam que era obra de ficção, quando na verdade ocorriam no Submundo, ceifando vidas com a praticidade que só aqueles que estão as margens da sociedade possuem.

- Certo, combinado então!

A garota soluçou mais uma vez, esforçando-se para parar de chorar. Era difícil, mas ao sentir a outra limpando suas lágrimas, Hanna conseguiu de alguma forma recobrar um pouco do autocontrole. Ela fungou, perguntando-se o que seria dela se passasse por algo assim. Ela certamente não teria conseguido manter a sanidade por muito tempo. Levando em consideração seu próprio histórico, isso era óbvio.

- Me desculpe.
- Hanna passou as mangas firmemente presas por seus dedos no rosto para limpá-lo.- Mas é tudo tão... terrível. É totalmente inaceitável que alguém passe por isso, ainda mais sendo uma criança. - a garota ouviu as palavras finais de Robin e assentiu com a cabeça algumas vezes, procurando o que dizer. Para alguém que tagarelava sobre tudo, não ter palavras era algo inédito, inesperado. - Ce...certo, eu vou me lembrar disso. Não vou mencionar nada a Maxwell.

Afinal, ele não precisava de mais um trauma na vida.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aidan Kearney
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 39
Data de inscrição : 01/09/2017
Idade : 17
Localização : Academia Blackwell

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens:

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Dom Out 22, 2017 10:17 pm

Robin tinha um pouco de inveja de Hanna, ela adoraria voltar para essa bolha na qual a garota vivia atualmente. Porém, nas próprias palavras de Ken, aquela bolha só poderia lhe proteger por um determinado tempo, uma hora ela iria estourar e aquilo nunca era algo bonito. Quando Robin entrou naquele mundo ela ficara aterrorizada com tudo o que via, e ela sabia que tinha ainda muito mais do que aquilo que descobria durante suas sessões de treino com Ken.

- É uma promessa.

A garota desviou seus olhos, nem mesmo ela era capaz de manter toda a sua frieza diante daquela situação, a história de Maxwell era uma tragédia atrás da outra e ela não tinha nenhum orgulho em admitir que tomara parte dela, afinal quando o irmão do rapaz sumira fora justamente quando ela se mudara para Los Angeles e cortara todo o contato com o garoto, ao invés de oferecer seu apoio. Claro que quando se reencontraram, anos depois, a situação fora uma das piores possíveis. Além de estar determinado a trazer o caos para onde fosse, ele conseguira entrar na lista negra de Ken, justamente por ser um louco desenfreado.

- Eu concordo com você. O que mais me irrita é que houveram pessoas na cidade que falaram que aquilo fora merecido - Do modo que Robin falava era como se ela estivesse na cidade na época, porém tudo aquilo era fruto de pesquisas que fizera ao lado de Ken, quando eles decidiram descobrir o que fizera Maxwell ser daquela maneira - Se você conseguir... salve ele, por favor. Acho que você é uma das poucas pessoas que tem uma chance de conseguir isso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hanna Blackwell
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 153
Data de inscrição : 06/08/2017
Idade : 19
Localização : Academia Blackwell... não, eu não sou parente do fundador nem nada do tipo.

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Sex Out 27, 2017 1:28 am

Hanna rapidamente passou seu dedo indicador para enroscar-se no de Robin, era possível notar que, mesmo com aquele movimento mais amplo, as mangas da menina nunca estavam completamente soltas. Seus pulsos jamais ficavam a mostra.

- Se é uma promessa, vamos jurar com os mindinhos, certo?
- Parecia um pouco bobo, mas era fofa a forma como a garota agia e se importava com coisas tão pequenas. Como uma promessa de um futuro que talvez nunca viesse.

Ainda que estivesse coberta de indignação, e muito triste, a menina agora tinha parado de derramar lágrimas. Ela estava mais séria, mais... determinada? Talvez fosse essa a palavra que queria usar para si mesma.

- Essas pessoas não sabem o que dizem.
- ela voltou seus olhos para o chão. Pessoas horríveis como aquelas não deveriam existir. Hanna suspirou, ainda sem encontrar palavras que descrevessem o que estava sentindo no momento. - Eu vou fazer tudo que estiver ao meu alcance... e mais um pouco.

Ela uniu as mãos sobre o peito.

- Isso eu te garanto, Robin.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aidan Kearney
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 39
Data de inscrição : 01/09/2017
Idade : 17
Localização : Academia Blackwell

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens:

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Sex Out 27, 2017 6:48 pm

A garota deu um pequeno sorriso para Hanna, diante da ação dela. Aquilo era definitivamente infantil. Fosse com qualquer outra pessoa, Robin teria abaixado as mangas a força para ver o que ela tanto escondia, porém simplesmente não conseguia fazer isso com Hanna. Provavelmente acabaria pesquisando sobre ela depois, utilizando de suas habilidades para descobrir mais sobre ela.

- Certo. Eu prometo que irei até um de seus musicais para tirar algumas fotos - Robin sorriu-lhe, era como se uma pequena camada de gelo que envolvia o coração dela tivesse derretido naquele momento, enquanto faziam aquela promessa com seus mindinhos.

Robin abriu um sorriso para Hanna, ao ver que a garota já não chorava mais e que parecia estar determinada a ajudar Maxwell. Por dentro ela desejava poder fazer mais pelo rapaz, ao invés de mandar alguém para ajudá-lo em seu lugar. Mas não conseguiria olhá-lo nos olhos, não mais. Dias depois ela voltaria a encontrá-lo e fora tão ruim quanto poderia se esperar.


- É uma cidade de idiotas - Maxwell sempre falara que haviam poucas pessoas que se salvavam em Helhole, e que o resto era de uma estupidez além da compreensão. Robin só fora ver o quão certo ele estava depois que toda aquela tragédia ocorrera - Eu lhe agradeço por isso, Hanna.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hanna Blackwell
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 153
Data de inscrição : 06/08/2017
Idade : 19
Localização : Academia Blackwell... não, eu não sou parente do fundador nem nada do tipo.

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Dom Out 29, 2017 10:16 pm

A garota sorriu esplendorosamente, ela tinha realmente um sorriso que poderia mover multidões com facilidade. Não era a toa que a maior parte das pessoas se sentia tranquilo para ela. Aquela pessoa poderia ser confundida com uma luz, um farol para aqueles que vagavam no escuro. Ela estenderia sua mão até para quem não merecia o gesto.

- E eu prometo que te darei um autógrafo especial logo após disso.
- ela riu com doçura, soltando o dedo de Robin um minuto depois.

Hanna Blackwell ofereceu um sorriso trêmulo em resposta, muito embora parecesse certa de que era possível fazer o que pretendia, o que lhe fora pedido. Mesmo que durasse bastante tempo, ela faria o possível e o impossível para que Max fosse salvo.

- Acho que são idiotas demais num mesmo lugar.
- ela estalou a lingua, meneando a cabeça suavemente e inclinou a cabeça, observando Robin por alguns instantes, antes de sorrir-lhe afetuosamente. - Não tem de que. Eu ficarei feliz se puder fazê-lo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aidan Kearney
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 39
Data de inscrição : 01/09/2017
Idade : 17
Localização : Academia Blackwell

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens:

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Dom Out 29, 2017 11:09 pm

Hanna era como um raio de sol nos dias cinzas de Robin, como um prelúdio de que coisas boas poderiam vir pela frente. Ela pessoalmente não gostava de ter muitas esperanças, gostava de se manter na realidade e no que estava na sua frente, porém com aquela garota Robin não conseguia evitar pensar que ainda havia uma chance para ela, de ganhar perdão por seus crimes passados e seguir em frente com uma mente limpa. Era mais fácil falar do que fazer.


- É bom saber que eu não vou precisar ir atrás e cobrar - Sorriu-lhe Robin, enquanto imaginava aquela cena em sua cabeça.

O problema não era os esforços de Hanna, mas sim a resistência que Maxwell colocaria. Por mais que desejasse a salvação, ele não se achava merecedor dela, por suas ações passadas ele julgava que já era tarde demais para ele. Aquilo estava longe de ser uma questão religiosa, já que Max fazia questão de zombar de toda e qualquer religião, o que ele realmente buscava era paz de mente.


- Nem me fale, aquele lugar é horrível - Disse Robin, lembrando-se dos anos que passara em Helhole, fechando seu punho com certa raiva. Aquele lugar realmente fazia jus ao nome - Você é realmente uma pessoa boa, Hanna.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hanna Blackwell
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 153
Data de inscrição : 06/08/2017
Idade : 19
Localização : Academia Blackwell... não, eu não sou parente do fundador nem nada do tipo.

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Qui Nov 02, 2017 10:15 pm

Ela encarava Robin com toda a doçura do mundo. Se ela soubesse das coisas que a garota passava, teria se voluntariado para ajudá-la também. Para Hanna ajudar o próximo nunca era um problema difícil de resolver. Mesmo um pequeno gesto poderia mudar algo para o melhor.

- Oh, não, você será uma super repórter, como poderia arranjar tempo para ficar pedindo autógrafos? Deixe comigo, eu farei isso por você!
- Mais uma vez aquele tom de voz persistente.

Não importava quantos obstáculos houvessem ou o próprio Max colocasse, aquela menina não desistiria de forma alguma. Ela era a representação viva da determinação, principalmente se envolvia fazer algum bem para amigos, ou amigos de amigos, ou, simplesmente, qualquer pessoa que passasse por ela e precisasse se um ombro amigo.

- Eu não duvido nada, fazer esse tipo de coisa.
- ela bufou e cruzou os braços, parecendo chateada pro alguns segundos. Seus olhos fitaram Robin de novo e um suave rubor apareceu em suas maçãs do rosto. - Oh, você acha? Fico feliz que pense assim.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Aposentos da Robin
Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2
 Tópicos similares
-
» Jogo do robin no Eclipse Origins com directx 8
» Cards de One Piece
» Aposentos de Herbologia
» Aposentos do Substituto
» Aposentos do Lider do Dormitório da Lua ~ Kuran Loran

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Windfall City :: Dormitórios :: Dormitório Feminino-
Ir para: