A place so full of mystery is just a puzzle to be solved
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Aposentos da Robin

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Aidan Kearney
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 37
Data de inscrição : 01/09/2017
Idade : 17
Localização : Academia Blackwell

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens:

MensagemAssunto: Aposentos da Robin   Sex Set 01, 2017 2:46 pm



Um quarto escuro, a única iluminação são os poucos raios de sol que atravessam as escuras cortinas que sempre estão fechadas, já que os computadores ficam desligados sempre que a dona não está em seu quarto. Mas quando os vários monitores estão ligados, é possível ver uma cama de solteira completamente bagunçada com peças de roupa e restos de comida espalhados por cima dela, havia uma cafeteira conectada em uma única tomada que não estava ocupada, e nela havia uma caneca que mostrava sinais de constante uso. Se o computador fosse ligados ele, obviamente, iria pedir por uma senha. Caso a senha fosse incorreta, automaticamente ele iria se desligar. Um método de proteção que a dona adicionara para garantir que ninguém iria acessar os seus preciosos arquivos. Fora isso, em uma das extremidades do quarto há um saco de pancadas que também demonstra marcas de uso, incluindo alguns furos aqui e ali. Há uma placa na porta em que se lê '' Robin Wolf '' e logo abaixo desse nome, se alguém forçasse a visão, iria ver um pequeno smiley que fora encravado ali, provavelmente com uma faca.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hanna Blackwell
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 132
Data de inscrição : 06/08/2017
Idade : 18
Localização : Academia Blackwell... não, eu não sou parente do fundador nem nada do tipo.

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Sab Set 02, 2017 12:37 am

A jovem garota estava caminhando pelos corredores com seus habituais pulinhos quando passou pela porta de um quarto onde era visível uma placa escrito Robin Wolf. Aquilo ali em baixo por acaso seria uma carinha? Muito provavelmente. Pessoas prudentes manteriam distância, já que o emoticon havia sido obviamente feito com a ponta de uma navalha, mas Hanna deu um passo para frente e bateu.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aidan Kearney
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 37
Data de inscrição : 01/09/2017
Idade : 17
Localização : Academia Blackwell

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens:

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Sab Set 02, 2017 12:58 pm

Do lado de dentro, Hanna poderia escutar o som, Robin socava o saco de pancadas com força. Por mais que treinasse uma variedade de estilos de luta, naquele momento ela estava concentrando-se em Boxe, a única área em que ela estava pecando no quesito luta. Assim que ela escutou as batidas na porta ele parou, colocou as mãos em sua cintura e suspirou, vestia nada mais que um top preto e uma calça legging preta, sua roupa básica para treinar. Ela caminhou lentamente até a porta, rezando para que quando a abrisse a pessoa já tivesse ido embora, mas ela obviamente ainda estava ali.


- Fala - Robin falou, enquanto olhava Hanna de cima para baixo. Ela a conhecia, Wolf conhecia todos naquela academia, mas ninguém conhecia ela.

Robin era bela, uma beleza um tanto única. Seus cabelos ruivos lisos estavam presos em um rabo de cavalo, justamente para não atrapalhar enquanto socava e chutava, os olhos verdes pareciam brilhar conforme ela olhava para Hanna, mas isso era apenas o efeito da luz do lado de fora. O corpo de Robin também era algo a se notar, não parecia pertencer a uma garota de 16 anos de idade mas sim a uma mulher já crescida, e isso a incomodava um pouco, por mais que não fosse admitir. Mas o que a tornava diferente era aquele ar que passava, quando falava sua voz era de um tom único, que deixava claro que havia mais por trás dela do que deixava aparentar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hanna Blackwell
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 132
Data de inscrição : 06/08/2017
Idade : 18
Localização : Academia Blackwell... não, eu não sou parente do fundador nem nada do tipo.

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Sab Set 02, 2017 8:41 pm

Ela conseguia ouvir vagamente alguém batendo contra algo duro... talvez fosse um saco de pancadas? Uma esportista vivia naquele quarto? Aquilo pareceu-lhe muito legal. Assim que a porta foi aberta, um sorriso amável surgiu no rosto da menina.

- Ahhhhn, olá, senhorita... Robin, não é? Eu estava passando por aqui e pensei em conhecer alguém novo para variar. - a garota abriu um sorriso brilhante. Era estranho que não conhecesse alguém da academia, já que guardava os nomes de todo mundo. Talvez aquela moça fosse uma estudante nova. - Eu sou Hanna!

Hanna era uma visão adorável, com seu uniforme escolar, um moletom de mangas largas por cima, seus cabelos ruivos vibrantes presos em tranças que caiam sobre os ombros e olhos escuros como chocolate. Não haveria como aquelas duas serem mais diferentes... até porque, a personalidade de Hanna era bastante expansiva.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aidan Kearney
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 37
Data de inscrição : 01/09/2017
Idade : 17
Localização : Academia Blackwell

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens:

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Dom Set 03, 2017 8:33 pm

Robin não estava tão suada pois faziam alguns minutos que começara seu treino, suas mãos estavam enfaixadas para que não se machucassem tanto ao atingirem o saco de pancadas. Ele colocou seu cabelo atrás de sua orelha, tentando lembrar-se sobre o que lera de informações sobre Hanna, sabia que ela era uma pessoa boa, mas não chegara a ler o histórico dela. Aquilo não importava agora.

- Hanna Blackwell, não é mesmo? - Hanna falou, apertando a mão da garota com pouco entusiasmo, Robin era muito mais contida - Eu me chamo Robin Wolf, mas acho que isso você já leu na placa.

Robin soltou a mão de Hanna e coçou sua nuca, nunca fora muito boa em lidar com outras pessoas, principalmente aquelas que eram tão animadas quando aquela.

- Não quer entrar? - Convidou mais por educação do que qualquer outra coisa, já que não desejava conversar com ela. Então, arregalou seus olhos e voltou para dentro do quarto, correndo na direção de seu computador. Ela rapidamente o desligou, mas Hanna poderia ter visto que havia algo parecido com uma ficha nas várias telas que a garota tinha, havia uma foto de um dos alunos de Blackwell, assim como informações: Nome, Idade, Altura, Tipo Sanguíneo, entre vários outros tipos de informações detalhadas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hanna Blackwell
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 132
Data de inscrição : 06/08/2017
Idade : 18
Localização : Academia Blackwell... não, eu não sou parente do fundador nem nada do tipo.

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Ter Set 05, 2017 8:31 pm

Hanna mantinha-se observando aquela moça, apesar de parecer meio fria, era muito bonita. Seus lábios estavam arqueados num sorriso simpático, enquanto ela propositalmente ignorava o quarto escuro atrás de sua dona.

- Sim, isso mesmo. A não-parente do diretor. - ela estava acostumada aos equívocos quanto ao seu sobrenome. Apertando de volta a mão de Robin, ela voltou os olhos para a placa e deu uma risadinha. - Sim, eu li. Uma placa legal, eu diria. Muito legal.

Após Robin soltar sua mão, ela fez um sinal de beleza com os polegares levantados.

- Se não for um incomodo para você eu gostaria. - a menina só deu pelo computador ligado quando a outra apressou-se para desliga-lo. Por conta da distância e por ela não estar prestando muita atenção, podia deduzir que era a ficha de alguém... não saberia dizer quem. Talvez um personagem 2d.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aidan Kearney
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 37
Data de inscrição : 01/09/2017
Idade : 17
Localização : Academia Blackwell

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens:

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Ter Set 05, 2017 9:55 pm

Robin deu um tapa no interruptor e a luz acendeu-se no local, a cortina ainda estava fechada mas a garota preferia assim, se havia uma palavra que definia Robin era paranoia, justamente por estar sempre observando a vida alheia, ela tinha um enorme medo de estarem fazendo o mesmo com ela.

- Perguntam muito isso, não é? - Por mais que fosse uma pergunta, havia algo ali que deixava claro que Robin sabia que sempre questionavam Hanna sobre ser uma possível parante do diretor. - É uma placa normal.

Robin sabia que o pequeno smiley seria notado na hora, mas era o único jeito de se comunicar com qualquer outro membro que estivesse naquela academia.

- Fique a vontade - Robin falou, enquanto rapidamente ligava o computador novamente. Ela sabia que aquilo era suspeito, suspeito até demais, mas ou ela fazia aquilo ou permitia que Hanna visse o que tinha em seu computador. E todos que acessaram os arquivos pessoais de Wolf não gostaram do que viram... e nem do que veio em seguida.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hanna Blackwell
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 132
Data de inscrição : 06/08/2017
Idade : 18
Localização : Academia Blackwell... não, eu não sou parente do fundador nem nada do tipo.

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Qua Set 06, 2017 8:40 pm

Hanna sentiu-se entrando num cinema ou num balcão abandonado por conta do escuro, antes da outra garota acender as luzes.

- Oh, aqui deve ser um bom lugar pra assistir um filme, é escuro pra caramba. - o comentário saiu de sua boca de forma inocente, ou Hanna não conseguia entender a razão de todas aquelas cortinas ou não se preocupava com aquilo. - Sempre. Acho que eu deveria ter escolhido uma academia que não tivesse o mesmo nome que o meu, mas a qualidade do ensino falou mais alto.

Ela passou a mão pela parte de trás da nuca e riu baixinho.

- É um smiley, smileys são legais! - ela assentiu com a cabeça em resposta, passando s olhos pelo aposento que mais parecia um daqueles laboratórios de informática só que muito mais bem estruturado. - É um belo quarto!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aidan Kearney
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 37
Data de inscrição : 01/09/2017
Idade : 17
Localização : Academia Blackwell

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens:

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Qua Set 06, 2017 11:04 pm

Robin caminhou até a janela e abriu a cortina, mas não totalmente, apenas o suficiente para que o quarto ficasse com uma iluminação decente. Ela olhou para fora com um olhar desconfiado e por fim abriu completamente a janela, novamente seus olhos rastrearam o local em busca de qualquer ameaça.

- É justamente o que eu estava fazendo algumas horas atrás - Falou Robin, dando um pequeno sorriso de canto. Ela precisava tentar ser o mais sociável o possível, mas era um tanto difícil para ela. A garota não era tão boa em manter aparências -Bom, acho que é natural. As pessoas são curiosas e adoram fazer ligações desse tipo.

Ela era uma dessas pessoas, quando soubera de Hanna a primeira coisa que fez foi tentar encontrar uma ligação entre ela e o diretor, mas obviamente acabou por descobrir que não havia nada ali. Robin era assim, adorava resolver um quebra cabeças, quanto mais difícil melhor, talvez fosse isso que a tornasse uma boa hacker, essa curiosidade natural. Ela deu um pequeno sorriso gentil para Hanna, se a garota soubesse o verdadeiro significado daquele smiley, provavelmente passaria o resto de sua vida olhando para trás. Os Vigias estavam em todos os lugares.

- Sim, smileys são legais - Concordou Robin - Obrigada. Me diga uma coisa Hanna, que tipo de pessoas tem nessa academia? As mais proeminentes é claro.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hanna Blackwell
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 132
Data de inscrição : 06/08/2017
Idade : 18
Localização : Academia Blackwell... não, eu não sou parente do fundador nem nada do tipo.

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Qui Set 07, 2017 10:13 pm

Assim que a moça abriu a cortina, Hanna precisou desviar o olhar por conta da claridade que entrou no aposento. Os corredores não eram tão bem iluminados e o quarto já estava escuro anteriormente, a luz natural fez com que seus olhos piscassem mais do que quando ela acendera a lâmpada.

- Oh, mesmo? Que filme estava vendo?
- Hanna questionou alegremente, ela era bastante curiosa com coisas aleatórias. - Haha... parece até uma teoria da conspiração: a filha perdida do fundador volta a casa, ou algo assim.

Hanna na verdade era originária da Inglaterra, mas provavelmente isso Robin já saberia. Era também visível num leve sotaque diferente que a garota tinha, embora a maioria das pessoas que falavam com ela não reparassem especialmente nisso. A jovem abriu um sorriso largo em seguida, com relação aos Smileys. Obviamente não tinha como saber qual era seu verdadeiro significado.

- De nada. Hum... - Hanna coçou o cabelo com a ponta do dedo indicador, já que usava os outros para manter a manga bem presa ao pulso. - Se você quer saber... tem umas pessoas muito problemáticas. Pessoas com as quais não se deve lidar, sabe? Nunca me fizeram nada, mas costumam falar muito sobre isso... acho que sou uma péssima pessoa pra você perguntar esse tipo de coisa.

Hanna parecia ligeiramente envergonhada por não poder dar uma resposta decente à Robin.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aidan Kearney
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 37
Data de inscrição : 01/09/2017
Idade : 17
Localização : Academia Blackwell

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens:

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Sex Set 08, 2017 4:40 pm

A luz que entrou também incomodou Robin, que preferia manter-se no escuro com a única iluminação sendo as telas de seu computador. A garota caminhou até a porta e apagou a lâmpada, não gostava da ideia de gastar luz. Por ter vindo de uma família um tanto humilde, ela aprendera cedo a economizar o máximo que podia. Aquilo havia se tornado um hábito dela, então mesmo que não estivesse diretamente pagando a luz daquele local, ela ainda assim tinha seus tocs em ação.

- Vingadores. O primeiro deles - Aquilo não era uma mentira, ela de fato estivera assistindo Vingadores recentemente, mas fora a alguns dias atrás, não a horas. Na realidade, nesse período de tempo, ela aproveitara para aprender mais sobre aquele local - Uma teoria um pouco ruim, não acha?

Robin abriu um pequeno sorriso de canto. Não acha que era algo bom falar sobre os Vigias para Hanna, por mais que não fosse um grupo secreto nem nada do tipo, ainda era algo bem underground quando o assunto era conhecimento do público. O grupo de hackers e bem... vigias, estava espalhado pelo país inteiro, não possuíam um objetivo em comum, todos ali apenas desejavam informação e conhecimento, fosse para motivos bons ou ruins.

- Entendo. Bom, tem algumas pessoas que se destacam desse meio? Tirando o Prescott, estou cansada de ouvir falar sobre o Prescott.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hanna Blackwell
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 132
Data de inscrição : 06/08/2017
Idade : 18
Localização : Academia Blackwell... não, eu não sou parente do fundador nem nada do tipo.

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Sex Set 08, 2017 9:22 pm

(Considere que isso aconteceu antes da situação com o Maxwell, porque não faço a menor ideia de como isso vai terminar e provavelmente vai influenciar na maneira que ela vê o Nathan ou até o Max, pelo que eu acho.)


A garota piscou algumas vezes para ajustar os olhos a luz que agora entrava no aposento. Ela percebeu Robin desligando novamente a luz do quarto, mas não havia muito o que dizer com relação àquilo. Era uma atitude natural de alguém que acabou de ser quase cegado pela luz ambiente. O quarto nem sequer precisava de mais luz.

- Ahhhhhhh, aquele filme é tão bom. - Hanna uniu as mãos com os pulsos bem cobertos para perto do rosto, entrando no modo "tagarela" logo em seguida. - Todos os personagens são tão incríveis, e tem cenas tão legais. eu nunca me canso de assisti-lo! - deu uma pausa para acenar com a cabeça, rindo um pouco em seguida. - Acho que as teorias da conspiração não são tão boas como antigamente. Haha!

A moça refletiu um pouco sobre as palavras de Robin e depois coçou o lado direito de seu rosto.

- Hum, certo... há a Chloe, que dizem ser traficante. A Melissa que é meio piromaníaca e gosta de bater nos outros, mas conserta carros maravilhosamente bem... e o Maxwell. Eu não sei bem porque as pessoas tem problemas com ele, mas que tem, tem...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aidan Kearney
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 37
Data de inscrição : 01/09/2017
Idade : 17
Localização : Academia Blackwell

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens:

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Sab Set 09, 2017 3:37 pm

( Ok ^^ )

Os olhos verdes de Robin custaram a ajustar-se com a nova iluminação do quarto, ela preferia muito mais ficar no escuro, sentia-se mais confortável e segura nele, mas agora tinha uma visita em seu quarto e isso não era algo que ela deveria manter. Hanna poderia notar que o único local realmente organizado daquele quarto era a mesa do computador, o resto estava apenas ali, como se não fosse importante.

- Sim, é um filme excelente. A maneira como eles construíram a relação dos personagens é ótima - Das raras vezes que Robin parava para assistir algo, normalmente era um produto da Marvel, não que fosse uma enorme fã de quadrinhos, mas conseguia apreciar aquele universo que estava sendo construído em sua frente - Há alguma teoria da conspiração boa?

Robin era uma hacker, era de se esperar que ela gostasse e até acreditasse em algumas teorias da conspiração, mas ela possuía um enorme ódio por elas, achava que mais serviam para afastar as pessoas da verdade do que aproximá-las, e algumas eram tão ridículas que ela simplesmente não podia culpar o povo.

- Chloe Price, Melissa Carter e... - Robin estava fazendo uma pequena lista mental sobre aquelas pessoas, até escutar o último nome citado por Hanna - Maxwell? Maxwell Watson?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hanna Blackwell
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 132
Data de inscrição : 06/08/2017
Idade : 18
Localização : Academia Blackwell... não, eu não sou parente do fundador nem nada do tipo.

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Dom Set 10, 2017 5:41 pm

Hanna conseguia notar o desconforto sutil em Robin... ela estava no próprio quarto, provavelmente não gostava de luz, visto as grossas cortinas no lugar. Talvez fosse aquelas góticas que trocavam o dia pela noite? Ou uma gamer? A menina coçou a parte de trás da cabeça, talvez fosse melhor dizer a anfitriã que estava tudo bem ficar no escuro. Ela não deu atenção a bagunça, até porque seu quarto era ainda mais bagunçado que aquele.

- Eles poderiam manter esse padrão nos novos, nem todos saíram tão bons assim. - a menina fez um biquinho, considerando alguns filmes do Universo Marvel que deixaram-na meio que... decepcionada. - bem, eu conheço uma e outra interessante. Agora dizer que são boas... já são outros quinhentos.

Hanna assentiu com a cabeça e sorriu em seguida, inclinando a cabeça para um dos lados.

- Sim... embora eu não tenha conhecido-o pessoalmente. Mas não deve ser alguém tão ruim assim... - uma gotinha surgiu na cabeça da menina... ou era boa demais, ou ingênua pra caramba.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aidan Kearney
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 37
Data de inscrição : 01/09/2017
Idade : 17
Localização : Academia Blackwell

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens:

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Dom Set 10, 2017 5:55 pm

Haviam N razões para Robin não gostar de ver a luz do sol entrar em seu quarto, mas no momento a que estava usando com mais força era a do medo de estar sendo seguida. A garota fizera algumas... burradas, e isto era uma maneira leve de se dizer isso, o que levou a muitas pessoas influentes de Los Angeles a quererem ver ela morta. Era o preço que ela ganhava por ser curiosa demais, por desejar ver um mundo melhor. Melhor sob o seu ponto de vista, é claro. Não eram muitos aqueles que desejavam a Anarquia instalada nos Estados Unidos, mas Robin era uma delas.

- O segundo Vingadores, com o Ultron, foi uma porcaria. Foi divertido de assistir, mas no geral foi bem ruim - Um poderia ficar impressionado com o fato de que uma hacker do calibre de Robin era capaz de arranjar um tempo livre para assistir filmes da Marvel e ficar analisando-os pedaço por pedaço. Uma pessoa como ela deveria estar vivendo com o medo de sua própria sombra a todo instante - E quais seriam essas? E por favor, sem teoria com o onze de setembro. Essas já estão velhas.

Robin olhou para Hanna por alguns segundos, seus olhos verdes estavam completamente fora de foco. Sua mente viajava naquele momento, suas memórias sobre Maxwell Watson entrando em sua mente sem sua permissão, fazendo com que o punho da garota se fechasse automaticamente.

- Nah, com você eu duvido que ele vá ser o demônio que é. Pessoas boas desarmam ele - Robin falou, por entre seus dentes. Ela então menou sua cabeça e suspirou, sua mão por fim se abrindo, era possível ver que as unhas haviam deixado marcas na palma de sua mão - Maxwell Watson na mesma academia que eu. Quanto mais eu rezo mais assombração me aparece.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hanna Blackwell
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 132
Data de inscrição : 06/08/2017
Idade : 18
Localização : Academia Blackwell... não, eu não sou parente do fundador nem nada do tipo.

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Qua Set 13, 2017 1:08 am

Hanna riu, considerando o assunto leve, enquanto que Robin parecia um pouco misteriosa... até mesmo sisuda. Contudo, não parecia ser uma pessoa ruim, então a garota acreditava que não tinha por que se preocupar... mal sabia ela que agir desse jeito a colocaria numa situação muito preocupante mais para a frente.

- É verdade... mas se for pensar bem, tem muitos filmes que gostamos porque são divertidos mesmo, em matéria de técnica eles deixam a desejar. - a garota coçou a parte de trás da cabeça. - Bem... têm aquela sobre o HIV ter sido criado em laboratório. E uma outra que um certo tsunami foi criado por um teste atômico. Eu sei lá, essas coisas podem acontecer mesmo.

Hanna notou vagamente que a atitude da menina mudara ao citar Maxwell. Será que ele tinha feito algo para ela, ou talvez já tivessem se conhecido antes? Colegas? Amigos? Ex-Namorados? Inimigos Jurados? Ela preferiu nem perguntar.

- Hum... acho que isso é bom, não? - uma gotinha surgiu em sua cabeça, enquanto a garota meditava. - Oh, mas a academia é grande, qual a probabilidade de vocês se cruzarem muitas vezes?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aidan Kearney
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 37
Data de inscrição : 01/09/2017
Idade : 17
Localização : Academia Blackwell

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens:

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Qua Set 13, 2017 4:23 pm

Robin deixou apenas um pequeno sorriso brotar em seus lábios, não era uma pessoa de sorrisos e muito menos de risadas, era alguém séria demais. Wolf era uma pessoa em uma missão, e não pararia por nada nesse mundo. Mas naquele momento, não apresentava nenhum real perigo a Hanna, a não ser que ela considerasse invadir sua privacidade e obter informações sobre toda a sua vida um perigo, nesse caso, sim, Robin era extremamente perigosa.

- Tem vários filmes que as pessoas gostam porque são '' divertidos '' e eu odeio. Basicamente todos os filmes do Adam Sandler - Conforme ia escutando o que Hanna falava, a mente de Robin vagou até os rumores que lera online, através do software único usado pelos Vigias. Todas as teorias que a garota citara já haviam caído por terra, mas haviam algumas outras um pouco mais... assustadoras do que aquilo - Nah, isso aí é coisa de quem usa um chapéu feito de papel alumínio. É como acreditar em terra plana.

Como Hanna não escolhera perguntar, provavelmente não saberia que tinha acertado. Por um curto, realmente curto, período de tempo Robin namorara Maxwell e as coisas terminaram da pior maneira possível. Ela tivera sorte de conhecer Watson na época em que ele fora uma pessoa boa, mas o relacionamento acabou com o suicídio da mãe de Max, pois com ele o rapaz tornou-se um verdadeiro demônio, foi graças a ele que ela mudara-se para Los Angeles e conhecera Ken.

- Sim, é algo bom. Você vai gostar dele, por um tempo pelo menos - A maneira como Robin dissera aquilo deixara claro que ela tinha completa certeza do que estava falando - A partir do momento que ele descobrir que eu estou aqui? Vejamos... cem por cento.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hanna Blackwell
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 132
Data de inscrição : 06/08/2017
Idade : 18
Localização : Academia Blackwell... não, eu não sou parente do fundador nem nada do tipo.

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Qua Set 13, 2017 10:32 pm

Era um fato que Hanna parecia incapaz de ser um estorvo para Robin... ou melhor, alguém que ela precisasse se livrar. Apesar de curiosa, a menina não optava por invadir a privacidade da outra. Em verdade, ela estava ali justamente apenas para conhecê-la, e a partir do momento que Wolf a colocasse para fora, certamente Hanna iria.

- Eu gosto dos filmes do Adam Sandler... de alguns deles, pelo menos. - uma gotinha surgiu na cabeça de Hanna. Ela pareceu ter ficado ligeiramente para baixo, o que ficou ainda mais evidente quando a moça disse sua opinião sobre as Teorias Conspiratórias. - Uh... eu acho que sou um pouquinho estúpida pra algumas coisas.

A Blackwell observou atentamente a expressão de Robin ao responder aquilo. Não que quisesse descobrir algo sobre isso, mas porque ela definitivamente mantinha as conversas com outras pessoas olhando nos olhos, na maior parte do tempo. Aquilo era, de certa forma, uma amostra de sinceridade.

- Bom... se você diz eu acredito. - ela abriu um sorriso dócil, começando a brincar com uma das pontas de suas tranças. - Mas nesse caso vocês não podem simplesmente conversar? Se você não quer vê-lo, é só dizer isso pra ele, não é?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aidan Kearney
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 37
Data de inscrição : 01/09/2017
Idade : 17
Localização : Academia Blackwell

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens:

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Qua Set 13, 2017 10:47 pm

Quando a vira pela primeira vez, a intenção de Robin era tirar toda a informação possível de Hanna e depois jogá-la fora de seu quarto, mas ao ver que a garota era um verdadeiro amor de pessoa, viu-se incapaz de sequer falar algo ruim para ela. Justamente por isso ficou um pouco envergonhada ao ver que Hanna havia sido impactada por suas críticas aos filmes do Adam Sandler e também sobre as teorias. Ela xingou-se por dentro por alguns segundos.

- Não tem problema nenhum em gostar deles, eu que sou meio chata para filmes - Robin falou rapidamente, tentando retratar-se e animar um pouco mais a garota. Ela pousou sua mão na cabeça dela e bagunçou levemente os cabelos dela, com um sorriso simpático em seu rosto - Não existe ninguém estúpido, Hanna, cada um escolhe no que quer acreditar. Todos somos livres para isso. Se você acha que algo é verdade, tudo o que precisa fazer é defendê-lo com unhas e dentes e jamais deixar alguém apontar o dedo e falar que você está errada.

Robin acreditava cem por cento naquelas palavras, foram as mesmas que Ken lhe dissera, anos atrás quando juntara-se aos Vigias. '' Todos somos livres para acreditar no que quisermos ''. Robin acreditava em um mundo livre da tirania e todo dia lutava para ver seu sonho se tornar realidade. Ela cresceu rodeada de pessoas que apontaram dedos para ela e lhe falaram no que ela deveria e no que não deveria acreditar e sempre odiou isso. Ver a si mesma fazer isso com Hanna fez com que Robin ficasse decepcionada consigo mesma.

- Esse é o problema. Eu quero vê-lo - Disse Robin, olhando Hanna nos olhos - Mas eu sei que quando eu ver ele, não vai ser o mesmo Maxwell que eu namorei. Eu quero poder ajudar ele, mas eu não sou a pessoa certa para o trabalho. E eu ando muito ocupada para começar a lidar com isso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hanna Blackwell
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 132
Data de inscrição : 06/08/2017
Idade : 18
Localização : Academia Blackwell... não, eu não sou parente do fundador nem nada do tipo.

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Seg Set 18, 2017 11:58 pm

A menina subiu seu rosto para observar Robin e notou seu modo atrapalhado de falar. Em algum ponto do caminho, Hanna deixara de ficar deprimida e abrira um sorriso gentil, que segundos depois se tornaria uma risadinha feita atrás da manga de seu braço direito. A reação da outra tinha sido muito divertida. Por mais que não risse por maldade, Hanna era incapaz de ignorar completamente aquela situação.

- Cada um tem seu gosto, né? - ela sentiu o esfregar em sua cabeça e sorriu docemente, baixando o braço que usava para esconder a boca. - Unhas e dentes. Entendi! Como aquelas leoas da Savana defendendo os filhotes, ou, ou... o Smeagle protegendo o Um Anel! - ela mencionou aquilo animadamente, erguendo o dedo indicador com os olhos brilhando de satisfação.

A animação diminuiu um pouco com o desconforto que Robin parecia sentir para com Maxwell. A jovem coçou a bochecha suavemente com o dedo que estava minutos antes levantado, suspirando em seguida.

- Entendo, parece bastante complicado mesmo. - fez uma pausa, erguendo seus olhos para encarar o teto. - Eu posso tentar ajudar. Assim quando vocês se encontrarem, ele já estará pelo menos um pouco melhor.

Ela bateu ambas as palmas das mãos, parecendo obstinada com relação àquilo. Era quase ridículo de se ver, provavelmente pelo que Robin conhecia do dito Maxwell acharia aquilo impossível. Mas havia tanta convicção naquelas palavras que era difícil duvidar dela, também.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aidan Kearney
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 37
Data de inscrição : 01/09/2017
Idade : 17
Localização : Academia Blackwell

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens:

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Ter Set 19, 2017 5:42 pm

Robin até teria sorrido de volta para a garota, mas não era exatamente uma pessoa que fazia isso. O passar dos anos havia tornado-a em uma pessoa ainda mais fria do que antes, aquele sendo um dos poucos momentos que ela demonstrava qualquer tipo de emoção perante outra pessoa. Ela tinha que admitir que até gostava de ficar um pouco mais solta ao conversar com outra pessoa, mas ainda iria manter distância da maioria, muitos relacionamentos abriam fraquezas demais.

- Exatamente - Disse-lhe Robin, com um leve sorriso em seu rosto, em seguida tirando a mão da cabeça da garota - Isso, tipo o Gollum. Mas não pode deixar ninguém duvidar ou zombar do que acredita, caso contrário fica mais fácil para alguém criticar o que você acredita.

Se Robin descrevesse como Maxwell era quando criança, talvez Hanna tivesse dificuldade em acreditar devido a fama que ele possuía naquele colégio. '' Pelo menos não é a mesma fama que ele carrega em Helhole '', pensou a garota coçando sua nuca logo em seguida.

- E é. Até porque, ver ele depois de tanto tempo vai ser meio estranho - Ela disse, em seguida encarando Hanna conforme ela falava, a garota poderia ouvir as engrenagens da cabeça da hacker funcionando - Sabe, na verdade isso pode até funcionar. Pessoas como você... como eu posso explicar? São tipo a kryptonita dele, ele não consegue agir de uma maneira ruim com pessoas boas.

Pessoas boas tinham um claro impacto em Maxwell, ele que acreditava que o ser humano era naturalmente mal, quando encontrava alguém como Hanna via-se completamente desarmado. Talvez fosse por isso que ele se esforçava para evitá-las.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hanna Blackwell
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 132
Data de inscrição : 06/08/2017
Idade : 18
Localização : Academia Blackwell... não, eu não sou parente do fundador nem nada do tipo.

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Ter Set 19, 2017 11:14 pm

Hanna não se incomodava com o jeito meio frio de Robin. Ela conhecera todo o tipo de pessoa, e sabia que todos tinham seus pontos fracos e fortes. Ser fria não necessariamente tornava alguém uma pessoa ruim, afinal de contas.

- Isso torna as pessoas diferentes. Diversidade é ótimo! - ela sorriu amplamente, logo em seguida fazendo um sinal de sentido com a mão direita, que saiu meio esquisito, afinal ela não soltara a manga para fazê-lo. - Agora eu vejo. Obrigada, senhorita. Você me ajudou muito!

Ela endireitou o braço e pôs-se a enrolar um pedacinho de sua trança nos dedos, parecendo pensativa por um curto período de tempo. Provavelmente estava imaginando como seria aquele tal de Maxwell. Estranhamente, mesmo dizendo aquilo tudo, quando conheceu-o de fato, Hanna não ligara o nome a pessoa que conversava com Robin.

- Acho que isso sempre acontece quando reencontramos alguém do nosso passado. - ela já passara por esse tipo de encontro, embora nem de longe tão complicado como seria se Robin e Max se encontrassem. - Oh... então ele definitivamente não é tão mal como dizem. Pessoas realmente más não ligam para esse tipo de coisa, né?

Ela agarrou de maneira suave as mãos da outra garota, um brilho de determinação visível em seus olhos escuros.

- Pode deixar que farei o possível para ajudá-lo, Robin.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aidan Kearney
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 37
Data de inscrição : 01/09/2017
Idade : 17
Localização : Academia Blackwell

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens:

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Qui Set 21, 2017 7:44 pm

Robin partilhava da fraqueza de Maxwell, ela não sabia lidar com pessoas boas demais. Em sua linha de trabalho ela acabava conhecendo apenas as piores pessoas possíveis, logo pensar que a maioria das pessoas era naturalmente ruim era apenas uma consequência do que ela acabara vendo enquanto invadia locais que não deveria nem mesmo pensar em entrar.

- Isso mesmo, cada um é livre para pensar do modo que quiser - Robin tinha uma forte ligação com essa palavra. Liberdade. Ela faria de tudo para defender a sua própria liberdade e a liberdade alheia, mas quanto mais ela o fazia mais claro ficava que ela estava navegando em águas perigosas - Não precisa me agradecer.

Robin não pensara nisso na hora, mas depois ficaria claro que quando Maxwell fosse interagir com ela provavelmente o rapaz usaria uma máscara, algo para esconder sua verdadeira personalidade. Ele só mostrava sua verdadeira face nos momentos mais oportunos, normalmente quando podia causar o maior estrago possível. Maxwell era um verdadeiro camaleão social, escondendo-se em plena vista, sendo alguém quase impossível de ser detectado.

- Maxwell é uma pessoa má e liga para isso. Como eu posso te explicar isso? - Robin falou, parando e tamborilando seus dedos em cima da mesa de seu computador, ela não sabia uma maneira de contar aquilo para Hanna sem entrar no passado de Maxwell, algo que ela não desejava fazer - Vamos dizer apenas que ele tinha uma pessoa boa em sua vida e em seguida ele perdeu ela. É por causa dessa perda que ele não consegue fazer nada com pessoas como você.

Robin abriu um pequeno sorriso para Hanna. Por que eu ainda me importo com o que acontece com ele?, perguntou-se mentalmente, um pequeno suspirou deixou seus lábios.

- Obrigada, Hanna.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hanna Blackwell
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 132
Data de inscrição : 06/08/2017
Idade : 18
Localização : Academia Blackwell... não, eu não sou parente do fundador nem nada do tipo.

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Sab Set 23, 2017 1:03 am

Ao passo que Max e Robin tendiam a acreditar mais na maldade humana do que na bondade, Hanna era o inverso deles. Ela era capaz de ver partes boas na grande maioria dos seres humanos, e era-lhe fácil fazer com que eles despertassem esse lado para ela, já que era muito gentil e otimista.

- Um mundo onde pensamentos não podem ser expostos é deprimente. - a garota comentou, saltando os olhos para o teto do quarto. Depois de ficar olhando atentamente para ali por algum tempo, ela desceu novamente seu olhar para Robin e limitou-se a abrir um largo sorriso.

Hanna só perceberia as muitas faces de Maxwell em um evento futuro ao momento em que se conheceram. Mas, de certa forma, seja lá o que vira através da pele, não a assustara. E também não fora o bastante para que a garota o julgasse.

- Isso é meio estranho... - quando Robin falou por alto o que acontecera a Max, a garota baixou a cabeça e inconscientemente raspou as unhas por dentro da manga, muito próximo ao pulso. - Eu entendo... mas alguém que ainda tem essa consciência pode ser salvo. Eu acredito nisso, pelo menos... que a maior parte das pessoas merecem uma segunda chance.

Porque eu também a tive, pensou em dizer, mas não o fez. Ela sorriu de maneira confortadora para a moça e soltou suas mãos novamente, de maneira delicada.

- De nada!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aidan Kearney
Estudante
Estudante
avatar

Mensagens : 37
Data de inscrição : 01/09/2017
Idade : 17
Localização : Academia Blackwell

Ficha do personagem
HP:
100/100  (100/100)
Itens:

MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   Sab Set 23, 2017 8:02 pm

Ser pessimista era um traço característico de Robin, algo que custava a sair de si e provavelmente nunca iria deixá-la completamente, ele havia visto muito e ouvido muito. Ao contrário de Maxwell, que provavelmente nunca mudaria e recusava-se a ver o lado bom de pessoas um tanto mais '' cinzas '', mas isso até que fazia um pouco de sentido, ele se classificava como um demônio, um extremo da maldade, então era normal para ele acreditar que o mundo era oito ou oitenta.

- Sim, e ele está próximo de acontecer, na verdade - Robin acreditava veemente na liberdade de expressão e o direito a liberdade em si, portanto saber que em um futuro próximo tudo estaria sendo censurado e controlado era algo que a assustava profundamente.

Robin notara que Hanna tinha um coração muito bom, bom até demais na verdade. Se ela achava que Maxwell tinha esperança, era apenas uma prova dessa bondade, pois a hacker já havia perdido sua esperança a um bom tempo.


- Eu concordo com você, Hanna. Acho que o Maxwell precisa de uma segunda chance - Robin falou, mesmo sabendo o quão manipulador Maxwell conseguia ser. Se ele soubesse que ela acreditava que ele podia ser salvo, usaria aquela informação a seu favor.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Aposentos da Robin   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Aposentos da Robin
Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Jogo do robin no Eclipse Origins com directx 8
» Fic : Out of Tune - Fora de Sintonia
» Teoria Seculo perdido [spoiler]
» Cards de One Piece
» 15 Momentos Épicos de One Piece

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Windfall City :: Dormitórios :: Dormitório Feminino-
Ir para: